Médico que perdeu mãe e irmã para Covid e passou 4 meses internado com a doença morre em acidente em MT

G1 MT

G1 MT

Dr. Esmeraldo que ficou três meses entubado na UTI por causa da Covid-19 — Foto: Arquivo pessoal

Médico que perdeu mãe e irmã para Covid e passou 4 meses internado com a doença morre em acidente em MT

O médico Esmeraldo Ribeiro, de 52 anos, que enfrentou quatro meses de internação por Covid-19 e perdeu a mãe, a irmã, o cunhado e o sobrinho para a doença, morreu nesta quarta-feira (26) após sofrer um acidente de carro na BR-364, no km 541, de acordo com a Rota do Oeste.

Ao g1, a esposa dele, Simone Mendes Aguiar, de 49 anos, contou que ele havia completado 52 anos no sábado (22), três dias antes do acidente. Segundo ela, fazia cinco dias que Esmeraldo deu início a um tratamento de leucemia crônica e estava otimista para enfrentar mais uma batalha.

“Ele ia vencer mais essa luta. Ele passou como sempre, reservado, com fé pela vida. Sempre batalhou muito pela vida, tanto que estava num leito de morte contra a Covid-19 e conseguiu sair. Ele foi sempre muito batalhador, com olhar ao próximo. Ele ia vencer a leucemia”, contou.

Médico Esmeraldo e a esposa Simone em pesqueiro  — Foto: Arquivo pessoal/Cedida

Médico Esmeraldo e a esposa Simone em pesqueiro — Foto: Arquivo pessoal/Cedida

No fim de semana do aniversário, Simone disse que a famílai foi para um pesqueiro comemorar a data festiva, junto com a filha deles, para descontrair depois de ter iniciado esse novo tratamento.

Em fevereiro do ano passado, Esmeraldo recebeu alta médica e ficou ainda cerca de cinco meses em recuperação para conseguir voltar a andar e fazer tarefas básicas, como se alimentar sozinho. Contudo, ele sentia as sequelas da Covid longa e fazia sessões de fisioterapia.

Esmeraldo teve várias perdas para a Covid-19, começando pelo sobrinho dele, de 28 anos, que tinha comorbidades. Em seguida, foi a mãe dele, Nildes Botelho, de 86 anos. O vírus então se espalhou para toda a família e Esmeraldo, a esposa e a única filha também foram contaminados, mas se recuperaram da doença.

Dr. Esmeraldo em recuperação pós-Covid — Foto: Arquivo pessoal

Dr. Esmeraldo em recuperação pós-Covid — Foto: Arquivo pessoal

Com a fisioterapia e ajuda da família, ele retornava ao trabalho diário aos poucos, o que sempre gostava de fazer, conforme a esposa. Ele coordenava um trabalho de resgate na concessionária responsável pela BR-163, a Rota do Oeste.

O velório está previsto para ocorrer na Santa Rita, à noite, em Cuiabá, e o sepultamento está previsto para quinta-feira (27), também na capital, de acordo com a família.

Acidente

Na manhã de terça-feira (25), Esmeraldo esperava para cruzar a rodovia no km 541 da BR-364 em uma caminhonete, quando entrou na pista no momento em que uma carreta vinha no sentido contrário, o que ocasionou em uma batida lateral.

Com o impacto, o carro do médico foi arrastado e ficou sobre a pista, enquanto a carreta saiu da rodovia e parou no acostamento, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O motorista do veículo de carga ficou ileso e assinou termo de recusa de atendimento médico. Já Esmeraldo foi encaminhado para um hospital particular na capital, onde não resistiu aos ferimentos.

Esmeraldo deixa esposa e filha.

+ Acessados

Veja Também