Max quer avançar em Rondonópolis, mas sem Zé do Pátio

Max quer avançar em Rondonópolis, mas sem Zé do Pátio

O deputado estadual e presidente de Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Max Russi (PSB) deve colocar, ainda este ano, planejamento para aumentar sua visibilidade em Rondonópolis.

O parlamentar, reconhecido como um dos mais habilidosos do legislativo estadual, tem reduto eleitoral no Vale do São Lourenço, onde foi prefeito do município de Jaciara, e apoio irrestrito de todas as cidades da região.

Russi é responsável direto pelo crescimento do partido no Estado, que conseguiu eleger 13 prefeitos. Na região de sudeste, o partido administra Jaciara, São Pedro da Cipa, Pedra Preta, São José do Povo e Tesouro.

Max é um do cotados para o posto de vice de Mauro Mendes, em 2022. O deputado pode virar favorito na disputa se conseguir ampliar sua força política em municípios considerados chave, para uma eleição de governo. Este é caso de Rondonópolis. A maior cidade do interior de Mato Grosso será visitada com muito mais rotina pelo legislador, que também já trabalha pautas de impacto para a capital do sudeste.

Max está com sua artilharia política mirando Rondonópolis, mas sem qualquer pretensão de atrelar sua imagem, com a do prefeito José Carlos do Pátio. Em apuração de bastidor, a reportagem confirmou que Russi começou a entrar nos bairros de Rondonópolis, prepara algumas emendas bem gordas, mas prefere ficar distante de Pátio, por questões estratégicas. Max não teria de problemas de relacionamentos com Zé Carlos.

O prefeito de Rondonópolis chegou a ensaiar uma possível filiação no PSB, mas a ideia não vingou.

Noticias Relacionadas