Mauro diz em entrevista que pode adotar postura de neutralidade na disputa em Rondonópolis

Picture of Lucas Franco Perrone/ Primeira Hora

Lucas Franco Perrone/ Primeira Hora

Governador concedeu entrevista ao SBT de Rondonópolis Foto: Reprodução SBT Rondonópolis

Mauro diz em entrevista que pode adotar postura de neutralidade na disputa em Rondonópolis

Governador não descartou a possibilidade de disputar também em 2026

Compartilhe:

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (UB), deu a entender em entrevista concedida ao jornalista Cláudio Santos para o programa SBT Comunidade, exibido pela TV Rondon, de Rondonópolis, que nas eleições municipais deste ano, principalmente na cidade de Rondonópolis, poderá adotar uma postura de neutralidade.

Mauro foi questionado pelo jornalista sobre quem ele iria apoiar em Rondonópolis, e ele mencionou sua amizade com o deputado estadual Cláudio Ferreira e com Thiago Silva, mas pediu que a população fosse criteriosa na escolha do candidato. Ele lembrou que não vota em Rondonópolis e não iria interferir nas eleições da cidade, mas expressou o desejo de que a comunidade conduza um debate saudável em torno dos candidatos à prefeitura nas eleições de 2024. “O povo de Rondonópolis tem que ser criterioso e escolher o melhor para a cidade”, resumiu.

Leia mais sobre o assunto: Ministro das Comunicações: “Governador Mauro Mendes reposicionou Mato Grosso e está fazendo trabalho brilhante”

Mauro explicou que enfrentará dificuldades para participar ativamente das campanhas eleitorais, mas indicou que poderá apoiar alguns prefeitos que buscam a reeleição, baseando-se na reciprocidade que recebeu quando concorreu ao cargo de governador. Ele sugeriu que seu apoio poderá ser discreto, na maioria dos casos, no máximo gravando vídeos e manifestando apoio.

Por outro lado, ele mencionou a possibilidade de visitar municípios onde haja consenso dentro de seu grupo político, mas permanecerá distante das disputas em cidades onde seus apoiadores não chegarem a um acordo sobre um candidato.

Durante a mesma entrevista, Mauro não descartou a possibilidade de disputar as eleições em 2026, porém, destacou que sua prioridade é concentrar-se em seu mandato atual. Quanto à sua eventual candidatura ao Senado em 2026, Mauro é apontado nos bastidores como pré-candidato.

O governador também relembrou sua experiência em Rondonópolis, mencionando que na primeira vez em que concorreu ao governo do estado, foi o candidato mais votado na cidade. Ele expressou gratidão à população local e sugeriu que, se dependesse de Rondonópolis, teria se tornado governador de Mato Grosso muito antes.

Além disso, Mauro abordou questões relacionadas à infraestrutura, investimentos e situação da agricultura no estado de Mato Grosso.

Fique por dentro das discussões e atualizações sobre esse tema. Acompanhe o Instagram e Twitter do Primeira Hora.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp