Mato Grosso recebe Sul-Americano de Beisebol


A capital mato-grossense sediará o maior e mais importante evento de Beisebol da América do Sul, o Campeonato Sul-Americano de Beisebol 2015. A competição, que começa em fevereiro, contará com a participação de cinco países que disputam entre si pela vaga nos Jogos Pan-Americanos, em Toronto, no Canadá. A equipe brasileira é favorita na competição.

O evento será realizado pela Federação Mato-Grossense de Beisebol em parceria com a Associação Nipo Brasileira de Cuiabá e Várzea Grande que possui dois campos oficiais para a prática do beisebol. A competição, que ocorre entre 28/02 a 08/03, contará com a participação de mais de 200 pessoas entre atletas, comissão técnica, árbitros e autoridades, que atuam nas principais equipes do mundo.

A convocação foi feita após a análise dos atletas que atuaram na Taça Brasil 2014 e algumas observações em dois treinos com jogadores pré-convocados. Além do Brasil, já estão confirmadas as equipes da Argentina, Peru, Bolívia e Colômbia, com participação especial de um time universitário do Japão.

De acordo com o presidente da Confederação Brasileira de Beisebol, Jorge Otsuka, Mato Grosso tem muito a ganhar com a realização do campeonato. “Escolhemos Cuiabá por ser uma praça nova no beisebol que atende a nossa política em interiorizar, massificar e divulgar a modalidade. Enxergamos Cuiabá como uma nova Meca do beisebol nacional, tanto é que o novo estádio no município vizinho de Várzea Grande, inaugurado no ano passado, além do campo de Cuiabá, atendem perfeitamente as necessidades do campeonato”, explica.

Para ele, faz-se necessário quebrar as barreiras que impedem o beisebol de ser um esporte praticado por todos os brasileiros,. “Em países de primeiro mundo o esporte é considerado como um dos primeiros. Se o brasileiro tem a malícia e a ginga na prática de todos os demais esportes, por que não o Beisebol?”, questiona.