Mato Grosso poderá aderir ao Plano Nacional de Alfabetização

Projeto de lei do deputado Wilson Santos (PSDB) estimula política de combate ao analfabetismo

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) é o autor do projeto de lei (PL 1097/2019) que faz o Estado de Mato Grosso aderir a política nacional de alfabetização implementada pelo governo federal. Na proposta, Mato Grosso adotará os princípios, objetivos e as diretrizes da política nacional de alfabetização com o intuito de implementar programas e ações destinadas a promover alfabetização baseada em evidências científicas.

Caberá também ao Poder Executivo ofertar condições para estimular os hábitos de leitura e escrita e a apreciação literária por meio de ações de integração da prática cotidiana das famílias, das escolas, das bibliotecas e de outras instituições educacionais.

A Política Nacional de Alfabetização tem como um dos seus princípios a ênfase no ensino dos seis componentes essenciais para a alfabetização: consciência fonêmica, instrução fônica sistemática, fluência em leitura oral, desenvolvimento de vocabulário, compreensão de textos e produção escrita.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Mato Grosso registrou a maior taxa de analfabetismo da região Centro-Oeste, em 2018, com 7,5%, considerando a faixa etária de pessoas com 15 anos ou mais. Esse índice é maior que a taxa nacional de 6,8%.