Marildes e juíza fazem reunião para debater projeto que visa coibir abusos e exploração sexual de crianças e adolescentes

Marildes e juíza fazem reunião para debater projeto que visa coibir abusos e exploração sexual de crianças e adolescentes

A juíza da Infância e Adolescência, Maria das Graças Gomes, e assistentes sociais da Casa Abrigo visitaram a vereadora Marildes Ferreira (PSB), na segunda-feira (29).

Na pauta da reunião, o projeto da vereadora aprovado e sancionado pelo Executivo que institui na cidade placas indicativas sobre o Disk-100 em locais públicos e privados com muita movimentação de crianças e adolescentes. “Foi um prazer grande receber a Juíza para tratarmos do Projeto de Lei para combater abusos e exploração sexual de crianças e adolescentes”, disse Marildes.

O Disk-100 é o principal mecanismo de denúncias contra abusos e exploração sexual de crianças e adolescentes. “Foi uma tarde de conversa, troca de ideias e experiências que vão contribuir para que possamos juntas encontrar mecanismos da lei para que o projeto aprovado possa ser cumprido”, disse a vereadora.

Marildes é autora de um requerimento que questiona a situação dos moradores de rua em Rondonópolis; ela também comandou ao lado dos vereadores Adonias Fernandes (MDB) uma audiência pública para debater o assunto. “Ao tomar conhecimento do projeto de Lei; bem como da preocupação com a questão dos moradores em situação de rua , a Juíza quis entender a dinâmica das nossas ações e se colocou a disposição para ajudar”, explicou a parlamentar.

Noticias Relacionadas