Mapa participa de ações de capacitação de combate à mosca da carambola na Guiana

O treinamento contou com a participação de especialistas do Mapa, da Embrapa e da Agência de Defesa Agropecuária de Roraima

A Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), com o apoio da Agência Brasileira de Cooperação do Ministério das Relações Exteriores (MRE), realizou, de 1º a 11 de dezembro, uma capacitação para 16 técnicos e agentes de extensão que atuam no National Agricultural Research and Extension Institute (NAREI), na Guiana. O objetivo é combater à mosca da carambola (Bactrocera carambolae), que atinge áreas dos estados do Amapá, de Roraima e do Pará, e manter o Brasil livre da praga,

O treinamento realizado na cidade fronteiriça de Lethem contou com a participação de especialistas do Mapa, da Embrapa e da Agência de Defesa Agropecuária de Roraima (ADERR).

O Brasil é o terceiro maior produtor de frutas do mundo e a mosca da carambola é a principal ameaça à manutenção dos mercados de exportação já estabelecidos e em constante expansão do segmento fruticultura. Em função de sua importância econômica, ações de educação fitossanitária fazem parte da rotina do Programa Nacional de Combate e Erradicação da Mosca da Carambola (PNCEMC).

Para o ano de 2020, está programado um segundo treinamento na capital Georgetown, com vistas à implementação de ações de monitoramento e controle da praga de forma conjunta na região fronteiriça dos dois países. As medidas em questão visam reduzir a incidência da praga no país, com vistas à sua erradicação.