Mais de 1,1 mil casos de abusos contra menores foram registrados em MT no de 2016

mais de 158 mil veículos devem passar pela br-163 durante o réveillon

A Secretaria Estadual de Segurança Pública (Sesp-MT) informou que mais de 1,1 mil casos de ocorrências relacionadas a menores de idade foram registrados em 2016. Em relação a 2015, os números de casos aumentaram pouco mais de 36%.

Para o delegado Cláudio Alvarez Santana, da Polícia Civil, a fiscalização das redes sociais dos filhos é um caminho para a prevenção dos crimes. “Cabe aos pais fazer sempre o controle dos que o filho está acessando nas redes sociais. Isso pode evitar, por exemplo, um crime de estupro ou a ação de um pedófilo”, explicou.

Em um dos casos registrado no ano passado, a mãe de uma adolescente de 13 anos se assustou com as mensagens trocadas pela menina com um suposto adolescente de 16 anos. “Não era conversa de adolescente. Achei estranho e comecei a ver as mensagens. Haviam fotos de um homem nu, mensagens dele chamando ela para fugir com ele”, contou a mãe, que não quis se identificar.

A mulher começou a responder as mensagens se passando pela filha. Depois de um tempo, o homem se apresenta como tio do adolescente e ofereceu R$ 3 mil em troca de sexo. “Ele dizia que tinha lido a mensagem do sobrinho e que eles iriam precisar de dinheiro para fugir e que ele daria esse dinheiro, mas se ela mantivesse relação sexual com ele”, contou.

Sob orientação da polícia, a mãe da menina marcou um encontro com o homem no entorno da Arena Pantanal, em Cuiabá. O homem, um eletricista de 36 anos, apareceu e foi preso.