Mais brasileiros estão se interessando por yoga; mercado para professores está aberto

Picture of Mike Alves

Mike Alves

Foto: Pexels

Mais brasileiros estão se interessando por yoga; mercado para professores está aberto

Compartilhe:

A prática do yoga tem sido cada vez mais comum em países ocidentais, inclusive no Brasil. Durante a pandemia, a modalidade foi uma das mais escolhidas pelos brasileiros e, conforme pesquisas do mercado, a preferência ainda continua em alta no país.

Um levantamento realizado pela plataforma Tecnofit sobre os impactos da pandemia no mercado fitness, constatou que os studios de pilates e yoga foram os que registraram a menor queda no número de alunos desde o início do vírus da Covid-19 no país. Além disso, o número de praticantes dessas modalidades, em 2022, já acumulava um crescimento de 25,17%.

Atualmente os adeptos do yoga ainda representam um número significativo. Segundo dados divulgados pela Summit Saúde, em janeiro de 2023, mais de 5 milhões de pessoas praticavam a modalidade no país.

O crescimento do número de adeptos abre portas, inclusive, para os interessados em fazer curso de professor de yoga e atuar como mestre dessa prática milenar.

Como é a formação de professor de yoga

O yoga tem como principal fundamento alinhar o corpo e a mente por meio de meditações, exercícios respiratórios e posturas específicas. Atualmente, com a popularização da modalidade, é possível encontrar uma ampla diversidade de cursos em diferentes regiões do país, ministrados por profissionais especializados na formação de professores de yoga.

A maioria dos mestres já foi praticante e acabou se encontrando na modalidade considerada por muitos como um estilo de vida. Durante as aulas, os alunos aprendem a origem da prática, técnicas específicas, teorias, pedagogias utilizadas nos diferentes estilos do yoga, para o que servem os exercícios e benefícios aos praticantes.

Segundo o professor de yoga Leandro Castello Branco, o curso de formação de yoga deve também fornecer aos alunos noções sobre mantra, meditação, postura e conhecimentos sobre a tradição que manteve a prática viva durante mais de 5 mil anos desde que ela surgiu pela primeira vez na Índia.

Um aspecto interessante da formação de professor de yoga é que muitos mestres também são chamados de “guia”. O termo é usado, pois os adeptos acreditam que essa técnica não é apenas uma atividade física, mas sim uma busca por autoconhecimento e plenitude. Dessa forma, os professores atuam como uma espécie de mentor para compartilhar os valores da yoga e os conhecimentos técnicos.

De acordo com Gabriel, aluno de Leandro, o curso de formação em yoga, além de proporcionar conquistas no autoconhecimento e no âmbito profissional, também trouxe conhecimentos úteis para quem irá ministrar aulas.

“Quando olho para o curso, em termos técnicos, percebo que a gente sai muito preparado porque estuda composição, decomposição de práticas, anatomia, biomecânica e entende o funcionamento do yoga, tanto para nossa prática pessoa quanto para ter a capacidade de montar aulas”, explica o aluno.

Os interessados pela formação na modalidade encontram curso de professor de yoga em São Paulo e em outras regiões do país, de forma on-line ou presencial, em diferentes horários.

Mercado de trabalho de yoga no Brasil

Quem se forma professor de yoga encontra algumas oportunidades de emprego no país. É comum ver aulas da modalidade acontecerem em studios voltados para o bem-estar que contemplam, além do yoga, acupuntura, meditação e outras práticas.

No entanto, com a popularização a modalidade, o yoga pode ser encontrado também em outros ambientes. Academias, clubes, universidades e centros esportivos estão na lista de locais que podem oferecer oportunidade profissional para os professores recém-formados.

Vale lembrar que, após a pandemia e com o avanço da tecnologia, as aulas de yoga on-line se tornaram cada vez mais comuns no país. Os profissionais interessados podem montar turmas próprias ou se atentar a processos seletivos de plataformas voltadas para a temática.

Em relação ao salário, os professores de yoga podem perceber uma oscilação nos valores. Os números podem variar de acordo com a região, espaço e nível da turma. Mas, segundo o portal Glassdor, professores dessa modalidade costumam receber, em média, R$ 89 por hora.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp