Mãe e filha são presas por venderem na internet instrumentos musicais roubados de igrejas

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Duas mulheres – mãe e filha – foram presas em flagrante por revender, em sites de compras, instrumentos musicais roubados de igrejas em várias cidades de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, foram encontrados vários aparelhos na casa a mulher de 35 anos, e a filha de 19.

A prisão ocorreu na segunda-feira (4) após ação do Grupo de Repressão e Combate a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri). O flagrante se deu após a informação recebida pela Unidade de Inteligência (Unint) da 5° DRP, de que as mulheres anunciavam os produtos, sempre em bom estado, a preços atrativos.

Segundo o o delegado Rafael Abrão, responsável pelo caso, elas acabaram caindo em contradição e não souberam explicar a origem dos equipamentos. O caso segue sendo investigando, visto que a maior suspeita é de que as duas integrem um grupo especializado de furtar igrejas na região e até em cidades do DF.

Mãe e filha foram autuadas pelo crime de receptação qualificada. Após serem detidas, ambas foram encaminhadas para o presídio em Luziânia.