Mãe é acusada de atropelar próprio filho após abandona-lo em estrada

Criança foi jogada em rio após ser morta

Foto: Reprodução

Uma mãe é acusada de ter atropelado e matado o próprio filho de seis anos em Mddletown, em Ohio, nos Estados Unidos. Brittany Gosney, de 29 anos, teria passado com o carro por cima de James Hutchinson enquanto ele corria atrás do veículo após ter sido abandonado pela mulher em uma estrada.

Na manhã do último domingo (28), a acusada e seu namorado, James Hamilton, de 42 anos, deram queixa em uma delegacia referente ao sumiço do filho da jovem. Imediatamente as autoridades começaram a investigar o desaparecimento da criança.

Mas, a conclusão das investigações é de que o casal mentiu para a polícia e na verdade James foi atropelado por sua própria mãe. O corpo do menino ainda teria sido jogado em um rio. Na verdade, Gosney atropelou seu filho em um parque dias antes, depois de tentar abandoná-lo lá, de acordo com a polícia.




“Eu só queria que mais pessoas ajudassem quando precisassem de ajuda com seus bebês, em vez de seguir esse caminho”, disse Mary Stout, uma vizinha, ao canal WKRC. “Eu simplesmente não entendo. Eu simplesmente não entendo quando se trata de uma criança. ”

“A mãe não está demonstrando muito remorso neste momento. Mas ela confessou ter feito isso ”, disse o chefe de polícia de Middletown, David Birk, em uma entrevista coletiva. “Ela não está realmente dizendo qual foi o motivo.”, completou ainda.

Gosney foi presa e acusada de assassinato, abuso de um cadáver e adulteração de evidências, e Hamilton foi acusado de abuso de cadáver e adulteração de evidências. Duas outras crianças que viviam com o casal foram removidas de casa pelas autoridades estaduais, disse a polícia.