Madrasta espanca enteado de dois anos até a morte

Criança chegou a ser levada para um hospital, mas já chegou sem vida no local

Madrasta espanca enteado de dois anos até a morte
Reprodução/Polícia Civil

Uma mulher espancou o enteado de dois anos até a morte em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro. Presa na última quinta-feira (18), a autora do crime, identificada como Kathelyn Barreto Santiago, de 19 anos, confessou o assassinato e disse ter ficado “irritada com a forma com que ele brincava com uma banheira”.

A criança foi atingida por socos na região do peito, barriga e também nas costas.

De acordo com a Polícia Civil, a criança morreu em decorrência do traumatismo do tórax abdome, com hemorragia interna. O bebê chegou a ser levado para uma unidade hospitalar, mas já chegou sem vida no local. As agressões ocorreram no dia 10 deste mês.

Segundo as investigações, até o momento, o pai da criança, companheiro de Kathelyn, não tem envolvimento com o caso. O casal estava morando na mesma residência há 15 dias. No dia do crime, a mulher cuidava do bebê para que ele pudesse trabalhar.

Após laudo técnico constatar que a morte da criança foi ocasionado devido a uma série de traumas, a mulher teve a prisão temporária decretada pela Justiça. Em depoimento, ela confessou a autoria do crime.

O caso foi registrado na delegacia 54ª DP (Belford Roxo).