Liga Brasileira de Free Fire volta esta semana

Temporada terá novos times e transmissão em TV aberta

Reprodução Twitter/Free Fire Esports Brasil

Uma semana depois do retorno do Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLoL), chegou a vez de outro torneio de e-sports de grande relevância no país reiniciar as atividades. É a Liga Brasileira de Free Fire (LBFF), que começa a partir do próximo sábado (23). Pela primeira vez a competição será exibida na TV aberta: no canal Loading, por UHF, que entrou no ar em dezembro passado. A LBFF reserva ainda outras novidades. Confira abaixo:

Equipes

Serão 18 equipes competindo pelo título, divididas em três grupos. Nesta temporada, saem Los Grandes e KaBuM!, rebaixadas no ano passado para a segunda divisão. Da Série B, vêm duas delas: a Team oNe, campeã da segunda divisão; e a Meta Gaming, que se classificou com o segundo lugar no Grupo de Acesso. Outro novo nome na tabela é o Fluxo, equipe fundada por Bruno “Nobru”, ex-Corinthians, e Lúcio “Cerol”, streamer (profissional que transmite vídeos ao vivo na Internet) de Free Fire. O novo time comprou a vaga do Santos e vai estrear direto na elite do game no Brasil.

Apesar de vender sua vaga para o Fluxo, o Santos continua na série A de Free Fire. Isso porque o Peixe fechou uma parceria com a Real eSports, vice-colocada da Série B, que também garantiu o acesso e agora vai defender a camisa santista.






Tem ainda mudança no B4 Flamengo, que no fim do ano passado anunciou o encerramento da parceria com a organização. Agora são dois times separados. A B4 herdou a vaga da antiga equipe. Já o Flamengo estreia com time próprio, depois de comprar a vaga da KPA, equipe da Série B que conseguiu subir para a Série A no Grupo de Acesso.

As demais equipes são Black Dragons, Cruzeiro eSports, Corinthians Free Fire, FURIA, GOD Esports, INTZ, LOUD, paiN Gaming, Vivo Keyd, RED Canids Kalunga, Team Liquid e SS E-Sports, que venceu a LBFF 3.

Formato

Diferentemente do CBLoL, que adotou o modelo de franquias, a LBFF ainda segue o mesmo formato dos últimos anos, com acesso e rebaixamento para outras divisões. Uma pequena alteração foi na pontuação: agora cada abate vale um ponto na tabela. Eles valiam dois no ano passado. Os pontos conquistados em cada posição também passam a valer menos, quase metade, conforme a tabela abaixo.

1º lugar – 12 pontos

2º lugar – 9 pontos

3º lugar – 8 pontos

4º lugar – 7 pontos

5º lugar – 6 pontos

6º lugar – 5 pontos

7º lugar – 4 pontos

8º lugar – 3 pontos

9º lugar – 2 pontos

10º lugar – 1 ponto

11º lugar – 0 ponto

12º lugar – 0 ponto

A cada rodada, as equipes dos três grupos se enfrentam em seis partidas. Ao fim de 18 rodadas, as 12 melhores equipes se classificam para a grande final, marcada para o dia 20 de março. As duas piores caem para a Série B. As equipes em 13°, 14°, 15° e 16° disputam a Série de Promoção para ver quem continua na elite.

Premiação

A competição irá distribuir R$ 745 mil em prêmios, valor bem superior aos R$ 210 mil entregues pelo CBLoL. Quem levantar a taça vai faturar R$ 105 mil. Segundo e terceiro colocados recebem R$ 85 mil e R$ 75 mil, respectivamente. Já os classificados entre o quarto e o décimo segundo lugar na classificação geral levarão, aproximadamente, R$ 53 mil cada um.

Transmissão

Além da exibição no canal Loading, na TV aberta, todos os jogos seguem sendo transmitidos no BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena (desenvolvedora do game), e no canal oficial do YouTube.

Outra novidade é a transmissão oficial em inglês nos canais globais da Garena, com direito à narração e comentários na língua inglesa. Um reflexo do sucesso do Brasil no cenário  internacional: o país já é visto por muitos como a região mais forte do game. No ano passado, a LBFF teve uma média de 349 mil espectadores simultâneos por dia. A competição também atingiu um total de 60 milhões de visualizações em todas as suas plataformas.

Divisões de acesso

A Série B começa no dia 4 de fevereiro, reunindo 36 equipes, incluindo E-Galo e Line Sky, que subiram da Série C em 2020. A terceira divisão ainda não tem data para começar em 2021, mas as inscrições devem abrir nas próximas semanas. No ano passado, mais de 50 mil times se inscreveram na terceira divisão.