Líder comunitária destaca: “Governador e primeira-dama de MT abraçaram e valorizaram o movimento comunitário”

Setasc-MT

Setasc-MT

Mayke Toscano/Secom-MT

Líder comunitária destaca: “Governador e primeira-dama de MT abraçaram e valorizaram o movimento comunitário”

“Estarmos aqui é uma forma de reconhecimento. É muito bom ver que o movimento comunitário foi abraçado pelo governador Mauro Mendes e pela primeira-dama Virginia Mendes. São pessoas que abraçaram e valorizaram o movimento comunitário de Mato Grosso, dando grande espaço para nós com muito carinho e respeito”, ressaltou Nilza Maria Ferreira, presidente da União Rondonopolitana de Associação de Moradores de Bairro (Uramb).Representando o município de Rondonópolis, Nilza ainda reforçou que é gratificante participar de mais um Encontro Regional com Líderes Comunitários. 

Nilza e mais de mil líderes comunitários participaram do encontro do programa SER Família Comunitário, realizado pelo Governo do Estado. O programa e o encontro foram idealizados pela primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes. 

Representando a Associação Areia Branca, do município de Lambari D’Oeste, Eliane Guidini, declarou que receber o apoio do Governo do Estado faz toda a diferença para os líderes comunitários nas regiões onde moram.

“O governador está trabalhando com o objetivo de ajudar na qualidade de vida da população. Nós nunca tivemos tanto apoio como temos hoje e isso fica marcado na nossa memória. O Governo tem atuado muito, principalmente na minha região, que tem melhorado bastante. É na área da educação, saúde, no social, tem muito trabalho sendo feito. Em uma cidade próxima à minha tem estrada sendo asfaltada. A infraestrutura do interior do Estado tem melhorado muito”, contou.SER Família Comunitário – Encontro Regional de Líderes Comunitários.
Créditos: João Reis

Para o presidente da União das Associações de Mirassol D’Oeste, Francisco Matos, popularmente conhecido como Chiquinho Matos, participar do encontro foi um momento ímpar para todas as lideranças.

“No primeiro mandato do governador Mauro tivemos outro evento e agora, temos novamente. É muito bom saber que podemos contar com este apoio. A presença maciça do Governo do Estado e da Setasc é fundamental para todos nós”, afirmou.

SER Família Comunitário – Encontro Regional de Líderes Comunitários.
Créditos: João Reis


O presidente do bairro Paiaguás 2, em Cuiabá, Admir Conceição, mais conhecido como Selva, agradeceu pela realização do encontro, que é uma forma de reconhecimento para todas as lideranças. “Agradeço ao governador Mauro Mendes, que mais uma vez está à frente dessa missão, em cuidar do nosso Estado e apoiar os nossos presidentes de bairros”, ressaltou.

Encontro de Líderes Comunitários

A Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), por meio da secretaria adjunta de Assuntos Comunitários (Saascom), realizou o evento que faz parte do Programa SER Família Comunitário. O Encontro Regional com Líderes Comunitários contou com mais de mil lideranças comunitárias e foi realizado na última quarta-feira (07.06), em comemoração ao Dia Estadual do Líder Comunitário, celebrado no dia 2 de junho.

No evento, a secretária de Assistência Social e Cidadania, Grasi Bugalho, ressaltou a importância do movimento comunitário com as suas lideranças e reforçou que o grande objetivo do evento era trazer o movimento para trabalhar junto ao Governo estadual.

“A secretaria adjunta de Assuntos Comunitários é muito importante para fazer essa ponte entre o Governo e as lideranças dos municípios de todo Mato Grosso. Eles são pontos-chave nas suas comunidades para que os programas do Governo, como o Programa SER Família, cheguem às famílias que mais necessitam”, afirmou a secretária Grasi.

O secretário adjunto de Assuntos Comunitários, Édio Martins, disse que o encontro superou as expectativas com a grande adesão dos líderes comunitários.

“Quero dizer que o encontro com todos vocês, líderes comunitários, é para possamos lutar pelos nossos bairros e comunidades. Vocês que estão nos bairros, trabalhando no dia a dia, sabem o que precisam. Podem contar com a gente, porque queremos uma aproximação cada vez maior com as comunidades”, disse.

+ Acessados

Veja Também