Leo Lins despede-se do gato de estimação e emociona a web

Divulgação / MF Press Global



Conhecido por suas piadas e anedotas polêmicas, Léo Lins publicou no seu Instagram, na tarde desta sexta-feira (29/11), sua despedida de Mister, seu gato de estimação.

O humorista publicou algumas fotos nas quais aparece com o felino, e emocionou seus seguidores ao homenageá-lo.

“Um gesto vale mais que mil palavras, essa frase nunca vai se encaixar tão bem a qualquer ser humano quanto aos animais. Esta semana meu gatinho se foi. Gatinho maneira de falar, pois já era um senhor, um Mister, de 19 anos. Fui para o RJ às pressas para vê-lo. Ele mesmo debilitado, passou por uma cirurgia de risco e acordou! Gatos realmente tem 7 vidas. Até o último momento foi um grande amigo, esperou meu voo decolar para subir aos céus junto comigo”, começou.

Léo lembrou de como era o Mister quando o pegaram, ainda pequeno:

“Lembro quando o adotamos, pequenininho, chamávamos e ele não olhava. Descobrimos que era surdo. Até hoje fica a dúvida se ele não atendia porque era 100% surdo ou 100% gato. Comecei a chamar ele de surdo e minha avó disse ‘não faz isso que ele entende’. Chamei então de ‘deaf’, pois inglês tinha certeza que o gato não falava. Daí veio o nome Defi”, lembrou.

O humorista contou que a brincadeira que o gatinha mais gostava era perseguir o ponto de luz da caneta laser.

“Agora ficam as lembranças dele esperando em cima do banquinho olhando pela janela, miando assim que chegávamos em casa, brincando de perseguir a luz da caneta laser (como ele gostava disso), subindo correndo pelas escadas, quebrando coisas, roubando comidas, arranhando o sofá…”, continuou.

“Imagina que chato ter um sofá que não rasga e enfeites que não quebram. Quem diria que os animais, ditos irracionais, são os que ajudam os racionais a não dar tanto valor a bens materiais e perceber a simplicidade da vida.

Mistinho, depois de tanto anos perseguindo uma luz, você finalmente a encontrou. A luz divina. Te amo mistito”, completou.

View this post on Instagram

O mister adorava comer sua ração com a gente olhando pra ele. Mas só a ração, nossa comida ele preferia comer quando não tinha ninguém olhando. 🐱 Supostamente todos que me seguem, fazem isso pq gostam de mim, do meu trabalho… Por isso vou compartilhar isso com vcs: No dia que ele morreu, tive que gravar a noite e uma moça que estava gravando conosco falou “gosto muito de você. Você me ajudou um dia que eu estava muito triste porque tinha perdido meu gatinho e nesse dia você me fez rir e ajudou a aliviar minha tristeza”. Olha que tamanha coincidência. Em 15 anos fazendo shows em milhões de fotos que tirei, nunca haviam falado isso. As chances de uma pessoa que perdeu seu gato estar comigo no dia que perdi o meu… Ao fim da gravação falei para aquela senhora “hoje eu que te agradeço, perdi o meu gatinho e fiquei feliz em ouvir o que você falou”.

A post shared by Léo Lins (@leolins) on