Klara Castanho quebra o silêncio: “Vivendo um dia após o outro”

Quem Online

Quem Online

Foto: Reprodução/Instagram

Klara Castanho quebra o silêncio: “Vivendo um dia após o outro”

Klara Castanho, de 21 anos, voltou às redes sociais nesta terça-feira (2). A atriz, que vinha se mantendo distante das redes após o vazamento de informações íntimas, revelou recentemente que havia sido estuprada, engravidou devido à violência e entregou o bebê para adoção. Em uma série de vídeos no Stories do Instagram, agradeceu pelo apoio e solidariedade recebidos nas últimas semanas.

“Oi, como vocês estão? Antes de mais nada queria agradecer todo amor, carinho, cuidado e acolhimento, que eu recebo e recebi. Quero agradecer a todo mundo que compartilhou a própria história. Estou voltando a trabalhar. Eu e minha família, a gente está se recuperando, recuperando a nossa força, a gente está vivendo um dia após o outro”, disse ela.

Klara também falou sobre Angela, sua personagem na segunda temporada de Bom Dia, Verônica, série da Netflix com Tainá Müller e Reynaldo Gianecchini que estreia nesta quinta-feira, 3 de agosto. Na trama, a jovem também passa por situações de violência sexual contra a mulher.

“Hoje venho falar da segunda temporada de Bom Dia, Verônica, que estreia na madrugada deste dia 3. A Angela é muito importante pra mim espero que vocês a recebam bem  e eu espero que você gostem”, afirmou.

ENTENDA

No dia 25 de junho, cerca de um mês após um jornalista ter postado e depois apagado em suas redes sociais que a atriz tinha engravidado, Klara fez um carta aberta  contando ter sido estuprada e ter tido um bebê, que ela decidiu entregar para adoção, seguindo todos os trâmites legais. No texto, Klara também disser ter sido abordada e ameaçada por uma enfermeira do hospital onde deu à luz – o caso está sendo investigado pelo Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo e Conselhor Federal de Enfermagem.

Klara também entrou com um pedido de indenização de R$ 100 mil contra a youtuber Antonia Fontenelle depois que ela publicou um vídeo em que expõe e critica – sem citar explicitamente o nome da atriz – a entrega de um bebê recém-nascido para adoção. Rapidamente, o conteúdo foi associado aos já existentes rumores relacionados à gravidez de Klara, que só então veio a público revelar ter sido vítima de estupro. Antonia expôs publicamente Klara, a respeito do processo cujo sigilo é garantido por lei, além de ter sugerido que a atriz teria cometido o crime de “abandono de incapaz”.

+ Acessados

Veja Também