Kim Kardashian reprova pela segunda vez em teste para ser advogada: “Chateada”

No 'Keeping Up With the Kardashians', empresária falou sobre a frustração de ter falhado no 'Baby Bar' e admitiu que teve nota pior do que na primeira prova

Foto: Reprodução/Instagram

Kim Kardashian reprovou pela segunda vez no teste do “baby bar”, que é uma prova para alunos do primeiro ano de Direito que não estão tendo aulas em escolas credenciadas, como ela, que está aprendendo com um professor particular.

A empresária admitiu a falha no teste em episódio do Keeping Up With the Kardashians. “Eu reprovei! M****. Isso é realmente irritante”, disse Kim Kardashian, de 40 anos de idade, acrescentando que a sua pontuação “foi praticamente a mesma coisa… [mas] um pouco pior do que a primeira”.

Segundo o Page Six, para passar no baby bar, os alunos precisam obter uma pontuação de 560 pontos, ou 70 por cento, no exame que dura sete horas; Na primeira prova, Kim obteve apenas 474 pontos.




“Eu estou chateada. Totalmente chateada, mas é isso. Eu sei que não tenho que me estressar com isso. Há tantas outras coisas estressantes acontecendo. Eu só tenho que fazer melhor no futuro”.

Kardashian então ligou para sua irmã Khloé Kardashian para compartilhar a notícia e agradeceu-lhe por apoiar, embora ela tenha reprovado. A irmã a acalmou dizendo que ela fez o exame após se curar da Covid-19 e enquanto enfrentava seus problemas conjugais ao final do casamento com Kanye West.

Depois das palavras de incentivo de Khloé, Kim decidiu que fará o teste novamente em julho e que precisa começar a estudar imediatamente.

Baby Bar

O Baby Bar se trata de um exame similar ao da Ordem dos Advogados, feito na Califórnia. Kim não cursa faculdade de Direito, então ela vem estudando com um time de advogados e tentando passar no curso para refazer o exame completo em 2022 e poder finalmente exercer a profissão.

A prova do Baby Bar normalmente dura 7 horas e contém aproximadamente 4 horas de questões de dissertação e 300 perguntas de múltipla escolha. Segundo Kim, seu pai, o advogado Robert Kardashian, passou de primeira quando realizou o teste, sendo que apenas vinte por cento dos candidatos conseguem o feito.

Na época em que fez a prova, Kim falou sobre a ansiedade que estava para fazer e que chegou até a comprar fraldas para usar durante o período em que estaria realizando o teste, tamanho nervosismo.