Justiça manda fechar garimpo da “nova Serra Pelada” de MT

| guiratinga | prefeitura amplia distribuição de água no distrito do alcantilado



Atendendo a um pedido do Ministério Público, a Justiça Federal de Mato Grosso mandou fechar o garimpo formado numa serra na cidade de Pontes e Lacerda.

A determinação pede a paralização da extração ilegal do local, retirada de todas as pessoas que estão na região, bem como a apreensão do ouro, equipamentos e maquinários utilizados.

“Nova Serra Pelada”

Enquanto o pedido de desocupação não é cumprido, a imagens e vídeos postados em redes sociais impressionam cada vez mais. A prefeitura local estima que mais de 5 mil pessoas trabalham na extração do mineiro na serra. Mas de acordo com moradores da cidade, mais de 10 mil aventureiros já estão em Pontes e Lacerda.

No município hotéis, pousadas e casas para aluguel começam a faltar. O movimento em busca de ferramentas e alimentos é intenso. Os garimpeiros tentam comprar o que precisam na cidade. Na beira da serra, onde muitos acreditam estar o eldorado, ambulantes vendem de tudo um pouco, com preços até 2.000 % superior ao de mercado. Uma garrafa de refrigerante, por exemplo, é comercializada entre R$ 20,00 e R$ 25,00.

Muita divulgação e pouco ouro

Até o momento, o ouro encontrado não condiz com as cenas do lugar. O fato é que alguns garimpeiros profissionais extraíram uma pequena quantidade do mineiro.