Justiça aceita denúncia e vereador de General Carneiro vira réu por roubar gado de fazenda

Picture of G1 MT

G1 MT

Foto: Rede social

Justiça aceita denúncia e vereador de General Carneiro vira réu por roubar gado de fazenda

Compartilhe:

A 2ª Vara Criminal de Primavera do Leste aceitou a denúncia do Ministério Público do Estado (MPE) e o vereador de General Carneiro, Magnun Vinicius de Rodrigues Alves de Araújo (PSB), virou réu por roubar e abater gado de uma fazenda em Primavera do Leste, a 239 km de Cuiabá.

O parlamentar está sob custódia no Hospital Regional de Rondonópolis, enquanto se recupera de um traumatismo craniano. Ele ficou ferido durante o embate com os funcionários da fazenda que, ao perceberem a movimentação, foram impedir a ação da quadrilha que o vereador fazia parte.

Vereador de General Carneiro Magnun Vinnicios Rodrigues Alves de Araújo segue internado  — Foto: Redes sociais

Vereador de General Carneiro Magnun Vinnicios Rodrigues Alves de Araújo segue internado — Foto: Redes sociais

O crime ocorreu na noite de domingo (11). O vereador estava com outros três homens, de 24, 28 e 49 anos. O local, segundo a polícia, havia sido alvo de crimes semelhantes.

Nesta segunda-feira (26), o advogado que representa o réu, Rogério Curado, informou que não vai comentar a decisão da Justiça por ter assumido o caso agora. Já na sexta-feira (23), o então advogado dele, Donivan da Silva Dias, disse que o parlamentar já está consciente e deve passar por mais uma cirurgia.

Animal abatido por grupo criminoso em fazenda — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Animal abatido por grupo criminoso em fazenda — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Repercussão

Na sexta-feira (16), a Câmara Municipal de General Carneiro aprovou a abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para cassar ou não o mandato de Magnun por quebra de decoro parlamentar.

O MPE rejeitou, na quarta-feira (14), o pedido da defesa do parlamentar para prisão domiciliar e manteve a prisão preventiva. Na decisão, o MPE destacou que não havia tido mudanças significativas para alterar as medidas cautelares impostas sobre ele.

Em fevereiro deste ano, Magnun ficou conhecido por doar notas de R$ 20 na porta do supermercado do qual é proprietário durante a inauguração do estabelecimento. Ele também é ex-presidente da Câmara Municipal de General Carneiro.

Peritos analisaram as carcaças dos animais para verificar se as munições encontradas no crime tinham ligação com àquelas localizadas no gado.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também