Junho vira mês com maior volume da Covid-19 em Rondonópolis


O mês de junho, que se encerrou ontem, foi o pior momento da Covid-19 em Rondonópolis, desde quando o município começou a divulgar os números da doença.

A primeiro balanço da Covid-19 em Rondonópolis foi divulgado no dia 18 de março, em razão do registro do primeiro caso da doença na cidade. Para se ter uma ideia dos números de junho, no dia primeiro havia na cidade 260 casos com seis óbitos.

No dia 30 de junho, os números mais do cresceram, de 260 casos a cidade saltou para 1536, ou seja, em apenas um mês, houve 1276 novos casos de Covid em Rondonópolis.

Outro número está relacionado aos óbitos; foram um total de 47 mortes durante o mês, no dia primeiro eram seis óbitos na cidade e no último dia de junho esse volume chegou a 53, de acordo com dados do boletim da secretaria de Saúde.

Por outro lado, houve um aumento proporcional dos casos de pessoas que contraíram a Covid-19 e tiveram recuperação. No dia primeiro de junho, o total de recuperados era de 94 e no dia 30 o número finalizou em 877 pessoas recuperadas.

O mês ainda começou com oito pacientes ocupando leitos de UTIs e sendo que o total disponível era de 31. Junho fechou com uma demanda de 47 pacientes para 38 leitos de UTI.

Confira o relatório do dia 1 de junho aqui.

Confira o relatório do dia 30 de junho aqui.

Leia mais sobre o assunto:

Governo destinará R$ 160 milhões para ajudar asilos no combate à Covid-19