Jovem é morta ao ser esfaqueada no peito pela concunhada após briga por som alto

G1 Goiás

G1 Goiás

Emily Victoria Pereira foi morta ao ser esfaqueada pela concunhada após uma briga por som alto — Foto: Divulgação/Polícia Militar

Jovem é morta ao ser esfaqueada no peito pela concunhada após briga por som alto

A jovem Emily Victoria Pereira, de 20 anos, foi morta ao ser esfaqueada no peito pela concunhada após uma briga por som alto, em Goiânia. Segundo a Polícia Militar, a concunhada reclamou do barulho e Emilly não gostou, e começou a provocá-la ao falar sobre uma suposta traição entre ela e o cunhado, namorado da acusada.

O nome da suspeita não foi divulgado, por isso, o g1 não conseguiu localizar a defesa dela até a última atualização desta reportagem. À polícia, ela confessou o crime.

De acordo com o boletim de ocorrências, o som era de uma festa que aconteceu na casa do namorado de Emilly na última quarta-feira (28). Eles moram em um lote, mas em barracões separados.

O crime aconteceu na última sexta-feira (30), por volta das 23h, na Avenida das Bandeiras, no Setor Vila Mauá. A morte de Emilly foi constatada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que chegou a ser acionado para socorrer a jovem.

Conforme a PM, após a agressão, o namorado de Emilly tentou agredir a cunhada, acusada do crime, e o namorado dela, que é seu irmão, mas eles se trancaram em casa.

A suspeita foi presa e levada para a Central de Flagrantes, se indiciada e condenada ela pode responder pelo crime de homicídio.

+ Acessados

Veja Também