Jogos mobile e novos consoles são tendência para 2021

Foto: Unsplash

Com uma receita que rivaliza com os maiores setores de entretenimento mundial, o mercado de jogos não parou de crescer nos últimos anos e o crescimento do setor de jogos mobile e a consolidação dos novos consoles é uma das principais novas tendências para 2021.

Foto: Unsplash

Jogos mobile devem continuar em ascensão

De acordo com a empresa especializada Newzoo, em 2020 os jogos mobile dominaram o mercado e todos os fatores indicam que 2021 deve manter essa tendência otimista de crescimento.






No ano passado, os downloads semanais desse tipo de jogo ultrapassaram 1,2 bilhão para estabelecer um novo recorde mundial. Os usuários baixaram, em média, 30% mais jogos que no mesmo período em 2019.

Para se ter uma ideia do que isso representa, basta mencionar que desde 2014 os jogos para dispositivos móveis já ultrapassaram – e muito – as vendas de jogos para PC e consoles. Em 2020, a liderança global do mercado passou para quase três vezes o total desses outros meios.

A previsão para 2021 continua promissora. Segundo a Newzoo, o mercado deve ultrapassar um crescimento de 11,6%. O destaque vai para regiões emergentes como o Norte da África, o Sudeste Asiático e o Brasil, que é considerado um dos maiores mercados do setor.

Há vários jogos responsáveis por esse sucesso, como Honour of Kings, AFK Arena e Candy Crush Saga na iOS App Store e Lineage 2M, Monster Strike e Rise of Kingdom na Google Play, assim como títulos como Fortnite e Free Fire, que se destacaram em ambas as lojas.

Outros jogos que devem continuar fazendo sucesso em 2021 são as diversas modalidades de cassino online. Com jogos tão variados quanto o tradicional blackjack até todo tipo das variadas slots online, os títulos de cassino devem conquistar ainda mais usuários.

Existem diversos motivos que explicam os motivos dos usuários serem atraídos para os jogos mobile, mas o baixo investimento de tempo necessário, a praticidade e a facilidade de começar a jogar são alguns dos mais citados pelos usuários em pesquisas.

Além disso, as diversas promoções e eventos ao vivo, que são realizados de forma constante, também costumam ser apontados como pontos positivos que fazem com que os usuários retornem diariamente para esses títulos.

Foto: Pexels

Novos consoles prometem

Após anos de especulação e antecipação, em 2020 os usuários finalmente tiveram a oportunidade de colocar suas mãos nos novos consoles PlayStation 5 e Xbox Series para descobrir suas novas capacidades técnicas.

Com o lançamento desses novos sistemas, a Sony e a Microsoft inauguraram a próxima geração de entretenimento interativo e é em 2021, quando serão lançados alguns dos títulos mais aguardados, que será possível ter uma noção real do que esses aparelhos são realmente capazes de oferecer.

O primeiro ano do ciclo de vida de um novo console é quando se torna possível ver como os videogames podem mudar no futuro, bem como os tipos de experiências e jogadores que os proprietários da plataforma tentarão conquistar nos próximos anos.

Fora o 4K e outras mudanças bem-vindas nas especificações técnicas, a Sony e a Microsoft já afirmaram que oferecerão suporte para a maioria dos títulos dos consoles da geração passada.

Isso significa que todos os jogos do Xbox, Xbox 360 e Xbox One que funcionam no Xbox One também funcionarão no Series X e Series S. Enquanto isso, a Sony já oferece suporte a mais de 4 mil jogos do PS4 e o número deve crescer ainda mais no futuro.

Se isso não fosse o bastante, diversos dos últimos lançamentos para esses consoles já têm contado com atualizações gratuitas das versões, o que faz com que não seja necessário abandonar os jogos que já foram comprados.

Para completar, outra mudança que deve se tornar cada vez mais popular é a ideia de “jogos como serviço” ou pelo menos jogos que contêm com elementos de serviço online e ao vivo – como já ocorre com novos clássicos como Minecraft e Sea of Thieves.

Essa nova modalidade de jogo permite que, no lugar de comprar um único jogo e baixá-lo para uso ilimitado, o usuário usufrua de diversos títulos de um catálogo online fornecido pela empresa, de forma similar ao que ocorre com plataformas de streaming como a Netflix.

Os preços das mensalidades são convidativos e a diversidade de jogos existentes têm atraído muitos usuários para esse tipo de serviço. Além disso, o fato de o PS5 contar com uma versão com e outra sem leitor de discos indica que essa é uma das principais tendências para o futuro.