Irmã de Gracyanne Barbosa ama junk food, malha há pouco tempo e não é tão fã de pagode

Aos 19 anos, Giovanna Jacobina estuda Medicina Veterinária
Reprodução/Instagram



Quem acompanha o perfil de Gracyanne Barbosa no Instagram, talvez não saiba quem seja o autor das fotos que a musa fitness, de 36 anos, publica na rede social. Na verdade, trata-se de uma autora: a estudante de Medicina Veterinária Giovanna Jacobina, de 19 anos, irmã caçula de Gracy, que adora fotografá-la nas horas vagas.

“Eu amo fazer as fotos dela. Fico assim: ‘vem aqui, minha modelo! E ela também adora”, diverte-se Giovanna, lamentando não poder mais clicar a irmã com tanta frequência, já que ela se mudou para São Paulo com Belo e Giovanna continuou no Rio, onde mora com a mãe, Ledir, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade.

Com a fala calma e doce, Giovanna é bem diferente de Gracy. Embora tenha um corpo lindo e sequinho, ela não é adepta de dietas rigorosas nem de malhações pesadas como a irmã.

“Nunca, na minha vida inteira, a Gra deixou de ir um dia à academia. Faça chuva ou faça sol, ela não deixa de treinar por nada. E é completamente regrada, está sempre com a marmita. Já eu como pizza, McDonald’s (risos)”.

“De um tempo para cá, estou me alimentando melhor por causa da minha saúde, porque estava ficando com a imunidade baixa e toda hora ficava gripada”.

“Não comia verdura, legume, nada. Agora estou almoçando certinho. Estou tentando melhorar”, reconhece ela, que começou a malhar há pouco tempo. “Faz três meses que estou na musculação”.

Giovanna diz não gostar de pagode, mas ser fã de seu cunhado, o cantor Belo. “Sei cantar todas as músicas dele, acho que só o pagode dele é bom (risos). O resto é sofrência demais. Não falo para puxar saco, não! No dia a dia, gosto de rap, reggae, hip hop e funk”.

“O Rennan da Penha é o meu ídolo”, afirma ela, lembrando que morou longe de Gracy até os 10 anos, quando se mudou com a mãe de Campo Grande (MS) para o Rio.

“Quando fiz um ano, a Gra já morava no Rio. Ela veio com 16 para cá. Nosso contato foi pouco quando eu era criança. Antes a gente só vinha passar as férias e voltava para Campo Grande”.

Giovanna com Gracyanne e Belo (Foto: Reprodução/Instagram)

 

MUDANÇA

Giovanna mantém uma ótima relação com Belo, a quem chama de “papi muso”. “Vim morar com a Gra e o Belo um ano antes da minha mãe, então foi muito bom para amadurecer”.

“Falo que o Belo é meu pai, quem me cuidou mesmo foi ele”, conta a estudante, que é filha do segundo casamento de Ledir.

“A Bárbara, 38, e a Gra, 36, são filhas do primeiro casamento da minha mãe”, explica ela, garantindo já se sentir carioca. “Lá de Campo Grande só tenho o sotaque e a vontade de tomar tererê (bebida feita com a infusão da erva-mate em água fria). Amo praia, acaí, mate, jogar altinha, as gírias cariocas!”

Giovanna com Belo (Foto: Reprodução/Instagram)

 

DIA A DIA

Giovanna tem o dia a dia corrido. Ela concilia a faculdade com o estágio e os plantões em um hospital veterinário na Zona Oeste do Rio.

“Sou completamente apaixonada por veterinária. É de família esse amor. Aprendi, desde criança, a amar os animais e quero ser cirurgiã. Muitas vezes faço plantão e fico de 12 a 14 horas no estágio”.

“Mas amo isso, não consigo pensar em outra rotina”, conta ela, que tem oito cachorros. “São todos de doação, resgate ou de fãs que deram para a Gra. Já tive coruja, gambá. Era do meu estágio e eu levava para casa para eu cuidar e todo mundo fazia a festa”.

Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)

 

IRMÃ CORUJA

Para Giovanna, Gracyanne é uma referência. “Às vezes me perguntam como é ser irmã de famosa. É normal porque não consigo enxergá-la como famosa. Converso tudo com ela: a Gra é minha melhor amiga, minha mãe, minha irmã, meu porto seguro”.

“Fico toda orgulhosa quando a elogiam. Outro dia fomos à praia e ela não conseguiu ficar cinco minutos parada. Todo mundo pedia para tirar foto. E ela não negou um pedido, foi simpática com todo mundo. Ela é demais!”, elogia.

Gracyanne Barbosa e a irmã Giovanna Jacobina (Foto: Reprodução/Instagram)

 

REDE SOCIAL

Com 45 mil seguidores no Instagram, Giovanna vê com bons olhos a repercussão de suas postagens. “Gosto muito de receber o carinho dos seguidores. Tem muita menina mandando mensagem”.

“Teve uma que me mandou assim: ‘você é uma inspiração. Nunca vi uma mulher negra virar veterinária. Estou no Ensino Médio e quero ser veterinária’. Achei lindo! Fiquei tão feliz! Também falo muito sobre natureza e tenho recebido mensagens de internautas dizendo que estão fazendo trilhas e indo a cachoeiras por causa de mim”.

“Já recebi mensagens de meninas que estão no processo de transição capilar e me elogiam. Gosto de ser inspiração como ser humano”, diz ela, que está solteira. “Odeio grude, melação. Gosto de ter meu tempo, minhas coisas, estou bem assim. Vou fazer 20 anos amanhã, namorar para quê?”, questiona, aos risos.

Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)
Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)
Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)
Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)
Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)
Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)
Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)
Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)
Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)
Giovanna Jacobina  (Foto: Reprodução/Instagram)