Incêndio atinge fábrica da Cacau Show em Linhares, no Norte do ES

Picture of G1 ES

G1 ES

Incêndio atinge fábrica da Cacau Show em Linhares, no Norte do ES — Foto: Redes Sociais

Incêndio atinge fábrica da Cacau Show em Linhares, no Norte do ES

Empresa informou que fábrica corresponde a 19% de sua produção. Bombeiros iniciaram combate às chamas durante a madrugada e trabalhos seguiam nesta manhã; não houve feridos.

Compartilhe:

Um incêndio de grandes proporções atingiu a fábrica da marca de chocolates Cacau Show, em Linhares, no Norte do Espírito Santo, na madrugada desta terça-feira (7). Uma fumaça densa cobriu o céu da região e podia ser avistada a quilômetros de distância nesta manhã.

Por volta da volta das 10h, bombeiros ainda tentavam conter as chamas. Não houve registro de feridos. Até a última atualização desta reportagem, não havia informações sobre as causas do incêndio.

A empresa informou, por meio de nota, que a fábrica atingida pelo fogo corresponde a 19% de toda a produção da Cacau Show, que possui outras duas fábricas. Segundo a companhia, os colaboradores que estavam presentes conseguiram deixar o local em segurança.

Os bombeiros de Linhares informaram que foram acionados por volta das 4h40. A Polícia Rodoviária Federal interditou a pista lateral da BR-101, rodovia onde fica a fábrica, no bairro Canivete.

Segundo a corporação informou nesta manhã, não há previsão para terminar os trabalhos, uma vez que o incêndio atingiu a parte de produção, onde é usada grande quantidade de açúcar e gordura.

Vídeos mostram as chamas e funcionários ainda uniformizados na rodovia.

Funcionários da unidade disseram à reportagem da TV Gazeta que chegaram para trabalhar e se depararam com as instalações em chamas.

Por volta das 10h, o proprietário da Cacau Show, Alê Costa, relatou em vídeo que acompanhava a o incêndio da fábrica no Espírito Santo. Ele reforçou que ninguém ficou ferido e que tenta entender o tamanho da destruição. Mais cedo, os proprietários haviam informado que viajariam de São Paulo ao Espírito Santo para acompanhar a situação.

“Graças a Deus ninguém teve nenhum problema de saúde, e é o que mais importa. A gente tem a exata dimensão da nossa responsabilidade, e vai dar tudo certo. E essa é a hora que, juntos, não só em orações, mas também em atitude, fazemos tudo o possível para preservar o nosso negócio e as dezenas de milhares de empregos que a gente tem”, disse Alê.

Combate às chamas

Em entrevista ao Bom Dia ES, o capitão Daniel, do Corpo de Bombeiros disse, por volta das 8h30, que o combate ao incêndio estava em fase de resfriamento. Os bombeiros de Linhares receberam o reforço de equipes dos municípios de São Mateus, Aracruz e São Gabriel da Palha.

Questionado se ainda poderia acontecer alguma explosão na fábrica, o capitão afirmou os militares estavam controlando esse risco.

“Se o incêndio chegar a um cilindro de gás, há chance de explosão, mas isso estamos controlando. Os riscos são controlados, não eliminados como um todo”, explicou o capitão.

O Corpo de Bombeiros Militar informou que 18 militares tentavam controlar o fogo.

Até por volta de 7h30, os militares atuavam no controle e no isolamento das chamas para que elas não se espalhassem para áreas que ainda não haviam sido atingidas.

Prefeitura se pronuncia

O prefeito de Linhares Bruno Marianelli se pronunciou sobre o incêndio. Ele informou que se dirigiu até a fábrica assim que soube da ocorrência e que acompanha de perto o trabalhos das equipes do Corpo de Bombeiros.

Marianelli determinou o envio de carros pipa do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) para contribuir com o trabalho dos bombeiros e fez contato com a empresa Lasa para que ela também ajude neste sentido.

O chefe do executivo municipal lamentou o ocorrido e colocou a prefeitura à disposição das famílias dos colaboradores e da própria empresa.

“Lamentamos muito esse triste incidente. O município se solidariza com o Ale Costa, presidente da Cacau Show, seus colaboradores e todos aqueles que foram impactados. A Cacau Show é uma empresa que muito contribui com o desenvolvimento do município e que agora vive este momento difícil. A todos os funcionários e à direção da empresa, nossa solidariedade”, disse o prefeito.

Findes se posiciona

A Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Cris Samorini, disse que a federação lamenta imensamente que uma indústria tão relevante e que vem sendo responsável pela geração de oportunidades e negócios no Espírito Santo e no Brasil enfrente um incidente dessa proporção.

“A Federação se coloca à disposição para auxiliar no que for necessário e tem a certeza de que, pelo seu histórico e todas as realizações ao longo de 35 anos de mercado, a empresa terá a capacidade e a determinação para superar este desafio”, disse a presidente.

Deixe um comentário

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp