Implante dentário: mais que sorriso, qualidade de vida

Lucas Perrone

Lucas Perrone

Pedro Campos, especialista em implantodontia e diretor clínico da Oral Unic Rondonópolis

Implante dentário: mais que sorriso, qualidade de vida

Quem tem medo do Implante? O tão temido implante dentário ainda provoca receio em muitos pacientes. De acordo com o Dr Pedro Campos, especialista em implantodontia e diretor clínico da Oral Unic Rondonópolis, a dor é o principal argumento desses pacientes. Porém, trata-se de um procedimento cirúrgico seguro e bastante tranquilo.

O especialista em implantes, além de comentar sobre os métodos modernos para a realização da cirurgia, explica a importância da manutenção correta de todos os dentes para a saúde bucal e qualidade de vida.

Saiba mais na entrevista a seguir:

 

Dr Pedro, explique para os nossos leitores: quem pode fazer Implantes?

Dr Pedro – Todo mundo pode fazer implantes, não há restrições de saúde que impeçam, desde que a pessoa tenha mais de 18 anos de idade. Claro, temos que levar em consideração alguns fatores que são apresentados durante a avaliação. O planejamento é essencial para um excelente resultado.

Muitas pessoas evitam fazer Implantes porque têm medo de sentirem dor. Isso é verdade?

Dr Pedro – Alguns pacientes chegam ao consultório com muito receio de fazer o implante porque ouviram alguém dizer que sentiu dor durante o procedimento. Ou então, viram a informação na internet. O que eu sempre gosto de explicar para o paciente é que cada cirurgia é um caso específico, por isso, não podemos comparar as experiências vividas por outras pessoas. Aqui na Oral Unic, cada caso é planejado com cuidado e atenção à saúde de cada paciente, o que resulta no máximo conforto e completa ausência de dor durante a instalação dos implantes. O paciente se sente seguro e confiante no momento do procedimento, pois contamos com centro cirúrgico equipado no qual nosso médico anestesista aplica a anestesia e acompanha a intervenção do início até o final, de forma que o paciente fique em estado de consciência, mas tão relaxado que, muitas vezes, chega a dormir.

E as pessoas que relataram dor devido à cirurgia?

Dr Pedro – O que pode ter acontecido com pacientes que sentiram dor é a ocorrência de algum problema durante a cirurgia ou no pós-operatório. Quando finalizamos uma cirurgia, fazemos uma série de recomendações que precisam ser seguidas pelo paciente. Por exemplo, o uso da medicação correta, alimentação específica e repouso. Ao cumprir essas recomendações, o paciente provavelmente não vai sentir nem mesmo o inchaço.

Mito ou verdade: gelo realmente funciona como anestésico?

Dr Pedro – O gelo, por vezes, é menosprezado pelos pacientes, mas funciona tão bem – ou até melhor – do que um anestésico ou um antibiótico.

Quais são os tipos de Implantes?

Dr Pedro – Existem vários modelos de implantes, múltiplos formatos, tamanhos e marcas. Sobre os tipos de implantes, são eles:

Implante unitário: É o procedimento realizado em uma região que o paciente perdeu apenas um dente na arcada superior ou inferior, colocasse um implante para receber a prótese. Implante 2×3: É recomendado para pacientes que perderam 3 dentes sequenciais, onde é feita a colocação de 2 implantes com uma prótese que irá conter os três dentes perdidos.

Implante com prótese de protocolo: Neste tipo de procedimento é colocado de 4 a 8 implantes na arcada onde a prótese total será instalada sobre pinos implantados sendo fixa e restaurando a reabilitação total de pacientes que perderam seus dentes.

Implante de Carga imediata: repõe um ou mais dentes perdidos no mesmo dia (sujeito a avaliação prévia). Coroas ou pontes provisórias serão fixadas ao implante de titânio logo após a cirurgia. Após um tempo, a prótese precisa ser trocada por uma definitiva.

Implante de Carga tardia: É feita a colocação dos implantes de titânio que ficarão na gengiva e sustentarão as suas futuras próteses definitivas. Em seguida, é necessário aguardar o período de osseointegração, que pode levar de 4 a 6 meses até receber a prótese.

Implante é uma questão somente de estética?

Dr Pedro – Estética ajuda, claro! Mas, temos que pensar sempre na função. Antes de querer parecer bonito, você precisa começar a comer direito. A saúde tem que ser levada em consideração. As pessoas têm que conseguir mastigar, digerir o alimento, e todos nós sabemos que a digestão começa pela boca.

Então, dentes faltando e os “espaços” na boca podem prejudicar a saúde bucal?

Dr Pedro – Se você está com algum – ou vários – dentes faltando, é possível perceber que os dentes das laterais começam a se movimentar. Os detrás começam a vir um pouquinho para frente e a sua mordida fica um pouco diferente. Isso tudo por causa daquele dente que está faltando. Os dentes sempre têm a tendência de querer se encostar e como tem um espaço sobrando, os outros tentam o movimento para apoiar-se um no outro. Com isso, você acaba tendo dor, ranger e quebra de dentes.

O médico anestesista se tornou um diferencial durante a cirurgia de Implantes?

Dr Pedro – Sim! Inclusive, esse é um diferencial que trouxemos para Rondonópolis. Na Oral Unic temos um médico anestesista para realizar a sedação consciente do paciente o que permite que a pessoa continue acordada, porém sonolenta, sendo capaz de responder aos estímulos.

Para finalizarmos, fale um pouco sobre a Oral Unic Implantes.

Dr Pedro – A Oral Unic é uma clínica especializada em implantodontia e com procedimentos de estética orofacial. Trabalhamos com o conceito All-in-one, que possibilita aos pacientes realizarem todos os exames e acompanhamentos necessários para o tratamento em um só lugar.

Investimos em uma estrutura nova e moderna, com equipamentos de última geração, como o raio x panorâmico digital, porque acreditamos que Rondonópolis merece tratamento de qualidade.

Convidamos todas as pessoas para conhecer nossa clínica na avenida Lions Internacional, 628 – Coophalis, entre a Rihappy e o Posto Mato Grosso (Posto da Onça).

+ Acessados

Veja Também