Hospital Regional poderá ser beneficiado com recursos advindos de transações penais e TACs

Recursos financeiros advindos de transações penais ou de Termos de Ajustamento de Conduta podem ser destinados para aquisição de computadores

Hospital Regional poderá ser beneficiado com recursos advindos de transações penais e TACs

Em busca de amenizar a situação crítica pelo qual passa a Saúde Pública em Rondonópolis, o deputado estadual, Delegado Claudinei (PSL), se reuniu na tarde desta segunda-feira (18) com a titular da 1ª Promotoria Cível de Rondonópolis, Joana Maria, para firmar uma parceria.

A ideia proposta pelo parlamentar é que recursos financeiros advindos de transações penais ou de Termos de Ajustamento de Conduta (TACs) sejam destinados para aquisição de 25 computadores ao Hospital Regional de Rondonópolis.

“Solicitei o apoio do Ministério Público, por meio da promotora aqui de Rondonópolis, Joana Maria, para definirmos essa parceria para beneficiar o Hospital Regional, que carece de recursos e equipamentos”, afirma Delegado Claudinei.



Na oportunidade, a promotora Joana Maria, disse que a parceria pode ser possível. “Havendo recurso disponível de transações penais e/ou TACs, essa parceira é viável”, afirmou a titular da 1ª Promotoria de Justiça de Rondonópolis, que atua na proteção da cidadania, pessoas com deficiências, idosos (tutela individual e coletiva), defesa comunitária, do consumidor e das demais questões residuais relativas à defesa dos direitos individuais.

Na última semana, o deputado Delegado Claudinei se reuniu com a diretora do Hospital Regional de Rondonópolis Irmã Elza Giovanella, Caroline Campos Dobes Conturbia Neves, e conheceu as instalações e demandas da unidade hospitalar. O parlamentar também esteve, juntamente com o vereador, Hélio Roberto Pichioni (PSD), reunido com o vice-presidente da Santa Casa do município, Dr. Sinésio Alvarenga, e dos diretores, Dr. Osíris Hoepner e Dr. Marcos Ferrari.