Homens encontrados mortos com bilhete estupraram estudante, diz polícia

Homens encontrados mortos com bilhete estupraram estudante, diz polícia
Divulgação/Polícia Civil

A polícia concluiu que a estudante de psicologia Andreza Nascimento, de 21 anos, foi estuprada pelos dois homens encontrados mortos com um bilhete em Cabo Frio, no Rio de Janeiro. As informações foram divulgadas pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) nesta quarta-feira (8).

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Vítima de estupro coletivo, a jovem relatou o caso no Facebook: “Pensei muito em vir aqui me expor, mas sei que assim vou poder ajudar mais vítimas, ontem por volta das 21 horas fui sequestrada no porta da minha casa, 3 homens me estupraram durante 4 horas dentro do carro em andamento, com a arma na minha cabeça, arma no meu corpo, tudo que vocês possam imaginar”, escreveu.

Os autores do crime foram encontrados mortos no último sábado (4). De acordo com a Polícia Civil, um bilhete escrito: “Tha ai os 2 que estrupou a mulher Andresa” estava perto dos corpos. A vítima fez o reconhecimento na última segunda-feira (6).

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que dois dos criminosos assaltaram um restaurante enquanto a estudante era mantida refém. Um terceiro homem suspeito de envolvimento com o crime ainda é procurado pela polícia.

Relembre o caso

Em depoimento, Andreza afirmou que estava em frente sua casa, entre a noite de quinta-feira (4) e a madrugada de sexta (3), com um amigo, que estava de carro, quando foram abordados pelos homens, um deles armado.

O rapaz que acompanhava a jovem foi obrigado a dirigir até uma rua pouco movimentada. No local, o amigo da estudante levou coronhadas e foi colocado no porta-malas. Após o estupro, a universitária também foi trancada no local, mas os dois conseguiram abrir o trinco do veículo e fugir.