Homem mata ex-mulher, filho de 8 anos e mais 10 durante virada de ano

Preso rouba arma em delegacia, fere policial e mata homem
Pixabay



Doze pessoas foram mortas em uma chacina na virada do ano em Campinas, interior de São Paulo. Segundo reportagem doG1, o atirador, que depois se matou, é o técnico em laboratório Sidnei Ramis de Araujo.

Outras três também foram baleadas e encaminhadas para os hospitais da cidade. Segundo a Polícia Militar, o técnico matou a ex-esposa, o filho de 8 anos e outras 10 pessoas que participavam da festa em família.

Vizinhos informaram que ouviram disparos em meio aos fogos. Segundo as testemunhas, a chacina ocorreu cerca de cinco minutos antes da meia-noite.

O atirador chegou de carro na casa onde a festa acontecia, pulou o muro do imóvel e disparou contra as pessoas que estava presentes. Uma vítima conseguiu fugir depois de ser ferida e pediu ajuda na casa vizinha.

SEPARAÇÃO

Os nomes das vítimas não foram informados, mas entre elas estão nove mulheres, uma criança e dois homens. O atirador estava em processo de separação com a ex-esposa, que foi morta. Com informações do G1.