Homem é suspeito de matar vizinha e comer coração da vítima com batatas

Lawrence ainda teria matado uma criança e seu próprio tio

Foto: Reprodução

Um homem de 41 anos é acusado de ter assassinado a própria vizinha na cidade de Chickasha, em Minnesota, nos Estados Unidos. De acordo com informações divulgadas pela polícia local, Lawrence Paul Anderson teria arrancado o coração da vítima e comido em um prato com batatas, ele ainda teria tentado fazer sua família provar.

Além de Andrea Lynn Blankenship, de 41 anos, o suspeito ainda teria matado outras duas pessoas, uma menina de 4 anos, e seu próprio tio, de 67. Além disso ele chegou a esfaquear sua tia, mas ela escapou. Esses crimes teriam ocorrido na casa onde Lawrence dizia viver, após ele ter matado a primeira vítima.

“Ele cozinhou o coração com batatas para alimentar sua família e libertar os demônios”, disse um oficial da polícia de Chickasha para o site “The Oklahoman”.




“Anderson… cozinhou o coração na casa dos Pye (onde supostamente morava) e tentou fazer Delsie (a menina) e Leon Pye (seu tio) comerem o coração antes de atacá-los”, relatou outro agente.

Julgamento do caso

Os crimes ocorreram no dia 9 de fevereiro, mas a primeira sessão do julgamento de Lawrence ocorreu nesta terça-feira (24). “Não quero fiança, meritíssimo. Não quero fiança”, declarou ele diante do juiz. A sentença do caso ainda não saiu.

Anderson foi condenado em 2017 a 20 anos de prisão por violações de liberdade condicional em um caso de tráfico de drogas e outros crimes. Ao sair da cadeia, ele deu o endereço de seu tio como sendo sua residência, mas segundo o procurador do caso, ele não ficava no imóvel.