Homem é preso após ser flagrado fazendo sexo com pônei nos EUA

Homem é preso após ser flagrado fazendo sexo com pônei
Divulgação/Rogers County Police/Reprodução

O norte-americano Tyler Joseph Schlosser, de 29 anos, foi preso após ser flagrado tendo relações sexuais com um pônei em uma região rural no condado de Rogers, no estado de Oklahoma (EUA), na manhã de 1º de agosto.

De acordo com o jornal local Tulsa World, Tyler foi preso após a polícia da região receber diversas chamadas relatando a mesma situação: um homem nu abusando sexualmente um pônei em um cercado.

Uma testemunha chegou a filmar o ato obsceno. Segundo ela, “parecia que o homem estava fazendo sexo com o animal”, mas “parou o que estava fazendo [ao notar que era gravado] e começou a caminhar na minha direção”.

Aos policiais, Schlosser culpou os medicamentos pelo ato. James Hester, um familiar do rapaz, contou ao site Newsweek que acredita que ele tenha sido drogado: “Eu acho que colocaram algo na bebida dele.

Ele passou mal depois de tomar aquilo e simplesmente perdeu o controle. Eu falei com ele e ele não lembra de nada do que aconteceu. Ele não é esse tipo de cara. Ele é um bom rapaz cristão. Não o tipo de pessoa que faria algo assim”.

O xerife do local, Scott Walton, disse que casos como esse, felizmente, não são comuns na região, mas disse que se compadece com as pessoas que acabam flagrando atos desse tipo: “Eu certamente simpatizo pelos moradores que tiveram que presenciar isso”.

“Literalmente deixa cicatrizes emocionais. As pessoas riem disso e tudo… Eu acho que você tem que lidar com isso, mas simpatizo com quem tem que presenciar atos doentios como esse”.

Acusado de exposição indecente e crimes contra a natureza, o homem segue preso com fiança estipulada em 50 mil dólares (cerca de 185 mil reais).

A zoofilia é considerada ilegal em 11 dos 50 estados norte-americanos, incluindo Oklahoma. No Brasil, a lei prevê multa e detenção de até três anos para esse tipo de crime.