Homem é condenado por matar mulher ao brincar com faca durante o sexo

Homem é condenado por matar mulher ao brincar com faca durante o sexo
Divulgação/Polícia e Reprodução/Redes Sociais

O britânico Jason Gaskell, de 24 anos, foi condenado a seis anos de prisão por matar Laura Huteson, de 21, durante uma brincadeira sexual em fevereiro deste ano durante o primeiro encontro dos dois, na casa dele, em Hull, na Inglaterra.

Segundo as investigações, Gaskell teria pressionado uma faca contra o pescoço da mulher durante um ato sexual consentido, mas, acidentalmente, acabou atingindo uma artéria. Ela perdeu muito sangue e morreu na hora.

Ambos estavam bêbados e haviam usado cocaína na ocasião, de acordo com o processo. A investigação ainda apontou que Gaskell, adepto de práticas sadomasoquistas, manteve uma faca debaixo do travesseiro justamente para usá-la durante a relação.

Além disso, marcas no pescoço dela indicam que ela tenha sido sufocada durante o sexo, mas também com consentimento e o uso de uma palavra de segurança.

Para o juiz Jeremy Richardson, o caso pode ser classificado como “simplesmente uma conduta sexual sadomasoquista extremamente perigosa”:

“Você não planejou fazer isso, mas o risco de esfaquear a vítima era óbvio. Você sabia que o que estava fazendo era muito perigoso e pagou um preço terrível, mas o preço pago por Laura foi infinitamente maior”.

Laura, que havia conhecido Gaskell horas antes de ser morta, deixou um filho pequeno. Ela foi descrita pela família como “muito amada”.