H1N1, mais uma morte com suspeita da doença é registrada em Rondonópolis

estado amplia procedimentos cirúrgicos em rondonópolis

Um homem de 43 anos morreu madrugada desta segunda-feira (10) com suspeita de H1N1, na Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis.

Em contato com a assessoria de imprensa de imprensa, foi repassado que de acordo com dados da Vigilância Epidemiológica de Rondonópolis divulgados nesta terça-feira (11), esta seria a quarta morte por suspeita da doença. A vítima ficou internada em isolamento por cercas de 20 dias.

Segundo nota encaminhada, o primeiro caso foi de um idoso residente em Rondonópolis, registrado no dia 27 de maio, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O segundo, de uma mulher residente em Pedra Preta, registrado na quarta-feira (29), na Santa Casa de Rondonópolis, o terceiro caso de morte foi de uma mulher residente neste município no dia (30) e o quarto registro foi desta terça-feira (11).

Sete pessoas receberam alta médica com suspeita de H1N1, que ainda aguardam resultados dos exames. Demais casos suspeitos foram descartados.

A Vigilância Epidemiológica reforça que os pacientes tiveram material coletado e encaminhado para o Lacen em Cuiabá e ainda aguarda os resultados de alguns exames.