Guia espiritual que abusava de vítimas durante atendimentos é preso pela Polícia Civil em MT

Picture of Polícia Civil-MT

Polícia Civil-MT

Pixabay/Ilustrativa

Guia espiritual que abusava de vítimas durante atendimentos é preso pela Polícia Civil em MT

Investigado atraia vítimas por meio do aplicativo Tik Tok

Compartilhe:

Um guia espiritual que abusou sexualmente de sete mulheres, entre elas uma menor de idade, teve o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil, nesta terça-feira (05.09), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Cuiabá.

O suspeito, de 49 anos, teve o mandado de prisão preventiva decretado pela Justiça pelos crimes de estupro e importunação sexual, com base em investigações da DEDM.

As investigações iniciaram após as vítimas procurarem a Delegacia da Mulher de Cuiabá relatando os abusos sofridos. Segundo informações, o suspeito utilizava a rede social Tik Tok para atrair as vítimas para sua “tenda religiosa”, prometendo amparo sexual.

No momento em que ficava a sós com a vítima, aproveitava para praticar os abusos sexuais, alegando que era o espírito encarnado que realizava as condutas. Com base nos elementos apurados durante as investigações, o delegado Cley Celestino representou pela prisão preventiva do suspeito que foi deferida pela Justiça e cumprida na tarde desta terça-feira (05), pelos policiais da DEDM.

A delegada titular da DEDM, Judá Marcondes, acredita que com a prisão do guia espiritual, novas vítimas devem aparecer. “Possivelmente, há outras vítimas que sofreram abusos durante supostos atendimentos espirituais e que serão encorajadas a fazer novas denúncias contra o investigado”, disse a delegada.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp