Governo lançará campanha para aumentar atração de turistas da América do Sul

Argentina, Chile e Colômbia são os países prioritários da iniciativa

Fernando de Noronha / Foto: Banco de Imagens/MTur

O ministério do Turismo vai lançar, na primeira quinzena de outubro, uma campanha para aumentar a atração de turistas da América do Sul ao Brasil. Com o nome “Cone Sul”, a ação vai durar cerca de três meses e receberá investimentos de até R$ 4 milhões.

A campanha vai ser formada por informes publicitários voltados para mídias digitais no Chile e na Colômbia. Na Argentina, além dos meios digitais, as peças publicitárias vão ser divulgadas em jornais, rádios e televisão.

A informação repassada pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, durante encontro com jornalistas, no dia 26 de setembro, em Brasília. “Faremos uma grande ação de marketing agora na Argentina, em Buenos Aires que é o principal emissor de turistas estrangeiros para o Brasil. A gente sabe que a Argentina atravessa por uma crise, nós não podemos deixar esse número cair”, disse o ministro.

Segundo o ministério do Turismo, o Brasil recebeu 6,6 milhões de turistas estrangeiros em 2018. Desse universo, 38% vieram da Argentina, somando cerca de 2,5 milhões de turistas.

No dia 29 de agosto a Organização Mundial do Turismo (OMT) divulgou relatório mostrando que de cada 5 turistas em viagem pelo mundo, 4 escolhem fazer viagens na região em que vivem.