Governo inaugura escola estadual em Primavera do Leste

piso salarial dos professores tem reajuste de 6,81%

A Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc-MT) inaugura, neste sábado (13.05), a Escola Estadual Paulo Freire, localizada no município de Primavera do Leste (231 km ao Sul de Cuiabá). Esta será a 10° escola estadual inaugurada neste ano pelo Pró-Escolas, maior programa de investimentos em educação da história de Mato Grosso. O evento, que ocorrerá às 9 horas, contará com a presença da comunidade escolar, do governador Pedro Taques e do secretário de Estado de Educação, Esporte e Lazer, Marco Marrafon, além de autoridades locais.

A unidade, que começou a ser construída em 2015, possui 12 salas de aula, cozinha, refeitório, despensa, depósito de materiais de limpeza, diretoria, coordenação, sala dos professores, secretarias, dois laboratórios e banheiros feminino e masculino.

O diretor Eder Alves Martins conta que a escola foi fundada em 2010 para atender a demanda de alunos do município e funcionava em um imóvel alugado. A espera por um prédio próprio é antiga, uma vez que, para continuar atendendo os estudantes, a administração precisou utilizar espaços de outras escolas no decorrer dos anos.

Para o professor Eder, essa é uma grande conquista da comunidade escolar da EE Paulo Freire. “Estávamos sem esperanças desde o ano passado, mas agora todos estão animados com a mudança para o espaço novo, alunos, professores, funcionários e os pais, que sempre nos questionavam sobre a nova escola”, afirma o diretor.

Atualmente, são 512 alunos matriculados nas 16 turmas de Ensino Médio e Ensino Fundamental.

Ainda em Primavera do Leste, a Seduc possui duas obras em andamento: a conclusão da obra remanescente do laboratório da EE Alda Gawlins Scopel, e a ampliação de salas de aulas e administração da EMEF Nossa Senhora Aparecida, por meio de um convênio com a Prefeitura.

Pró-Escolas

O programa de investimento em educação está dividido nos eixos Ensino, Estrutura, Inovação e Esporte e Educação, com o objetivo de melhorar a qualidade da educação pública. No eixo Estrutura, pretende entregar 35 novas escolas, 15 Centros Integrados Escola-Comunidade (CIEC), 20 quadras poliesportivas e 70 reformas até o final de 2018, totalizando 140 obras.