Governo Federal autoriza construção de abrigos provisórios para acolher pessoas no Acre

Medida já beneficiou cerca de 120 pessoas e a expectativa é abrigar até 400 pessoas no município de Rio Branco

Divulgação/ Secom Acre

A Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, do Ministério da Economia, autorizou o município de Rio Branco, capital do Acre, a construir abrigos provisórios em área da União, conhecida popularmente como Parque de Exposições. A medida, que visa a acolher a população afetada pela inundação do rio Acre, já beneficiou cerca de 120 pessoas e deve alcançar 400 cidadãos.

O imóvel, localizado na Rodovia AC-40, loteamento Santa Helena, possui área total de 1.499.389,77 metros quadrados. Para a construção dos abrigos, foi autorizado o uso de 155.789,30 m² do Parque de Exposições.

De acordo com o secretário de Coordenação e Governança do Patrimônio da União, Mauro Filho, um dos objetivos da secretaria é que os imóveis da União possam contribuir para o atendimento de políticas públicas. “Temos muitos imóveis que estão sem uso e que podem atender às necessidades dos cidadãos, que são os donos deste patrimônio. Neste caso específico, as pessoas afetadas terão um local seguro para ficar enquanto perdurar o estado de inundação do rio.”




Com informações do Ministério da Economia