Governo do Estado emite nota, nega inauguração de UTIs e diz que empresa ainda não cumpriu exigências técnicas

Foto: Mayke Toscano/Secom-MT

O Governo do Estado se manifestou , por meio de nota, sobre a situação das UTIs do Hospital Regional de Rondonópolis. Um grupo composto por vereadores pelo secretário de Saúde do município foram a unidade de Saúde cobrar o funcionamento e a abertura de 20 UTIs.

O grupo tinha a informação que os leitos seriam inaugurados nesta sexta-feira (9) e estaria faltando um marca passo e um respirador. O Governo do Estado, negou a falta de equipamentos e disse que não há para hoje previsão de inauguração dos leitos. “Assim que a empresa cumprir com todas as exigências técnicas, os leitos serão imediatamente colocados em funcionamento para a população”, destaca trecho da nota.

Comunicado da Secretaria de Saúde de MT

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) esclarece que é mentirosa a informação de que o Hospital Regional de Rondonópolis inauguraria leitos na data de hoje:

– A estrutura para a abertura dos 20 leitos está pronta, contudo, a empresa que venceu o processo licitatório para administrar os leitos não atendeu aos requisitos técnicos previstos em edital de licitação.

– Também é mentirosa a informação de que o Hospital Regional necessita da doação de equipamentos para o funcionamento dos leitos de UTI. Os leitos estão completamente equipados, mas falta a apresentação de equipe por parte da empresa contratada, conforme as regras do edital.

– Assim que a empresa cumprir com todas as exigências técnicas, os leitos serão imediatamente colocados em funcionamento para a população.

– É lamentável que, em meio à pandemia, o Governo do Estado tenha que gastar tempo para desmentir fake news.

Leia mais sobre o assunto:

Vereadores e secretário de Saúde vão ao Hospital Regional cobrar funcionamento de UTIs