Governo de Mato Grosso investe R$150 milhões em construções, reformas e manutenções de escolas no Estado

Ao todo, são 161 obras executadas, entre construções, reformas, construções de quadras poliesportivas e manutenções preventivas e corretivas

Ao todo, são 161 obras executadas, entre construções, reformas e construções - Foto por: Secom-MT

A infraestrutura do sistema educacional de Mato Grosso está passando por uma grande transformação. Em vários municípios o que se vê são obras de escolas, que há muito tempo estavam paradas, sendo retomadas. Muitas delas já estão em fase final e prestes a serem entregues.

Ao todo, são 161 obras executadas, entre construçõesreformasedificação de quadras poliesportivas e manutenções preventivas e corretivas. Os investimentos chegam a R$ 150 milhões.

Entre essas obras está a construção da nova Escola Mario de Castro, no bairro Pedra 90 em Cuiabá, que vai ganhar um prédio muito mais moderno, amplo e atrativo.

“Essa obra ficou paralisada por um bom tempo e foi retomada em agosto de 2019. A nova escola será com padrão de qualidade e com capacidade para atender 1500 alunos do ensino fundamental e médio”, explica a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk.

Com um investimento de R$ 8,1 milhões, recursos próprios do Governo do Estado, a escola contará com 16 salas de aulalaboratórios de físicaquímica e informáticabibliotecarefeitóriocopacozinhaparte administrativa (sala dos professores, coordenadoria, diretoria, secretaria, arquivo) e sanitários, além de uma quadra poliesportiva com vestiários. A escola será toda adaptada para atender alunos com deficiência e receberá mobiliários e equipamentos novos.

O diretor da escola, Divino Amauri de Campos, ressalta que está bastante animado e aguarda com expectativa pela entrega da nova escola. “Essa escola será um presente para a nossa comunidade. Ela vai contribuir para desenvolvermos um trabalho de excelência, pois vai estimular e motivar os alunos e profissionais da educação”, observa.

Além da Mário de Castro, outras duas obras que estavam paradas em Cuiabá foram retomadas, são as reformas gerais e ampliações das escolas Hermelinda de Figueiredo e Cleinia Rosalina. Os investimentos nessas duas obras são de R$ 4,3 milhões.

Em Várzea Grande duas obras de reformas estão em andamento. Trata-se das escolas Professora Arlete Maria da Silva e Professor Honório Rodrigues Amorim, que receberam investimento na ordem de R$ 4,3 milhões.

Além dessas cinco escolas, outras 30 unidades de Cuiabá e Várzea Grande estão na lista para receber manutenção preventiva.

No município de Barra do Bugres (a 168 quilômetros de Cuiabá) duas obras estão em andamento. Trata-se da reforma geral da Escola Estadual Júlio Muller e a construção de uma escola no bairro Nova Maracanã. O investimento total é de R$ 8,4 milhõesOutras dez escolas também vão receber manutenção preventiva.

Ainda na lista dos municípios contemplados, está Rondonópolis (a 212 quilômetros de Cuiabá) com as obras de reforma da EE Marechal Dutra e a construção de uma escola no bairro Jardim Maria Tereza, onde passará a funcionar a Escola Estadual Militar Tiradentes Major PM Ernestino Veríssimo da Silva. Essas duas obras estão recebendo investimento na ordem de R$ 7,6 milhõesOutras três escolas estão recebendo manutenção.

Segundo o diretor da escola Marechal Dutra, Evandro Silva Brocuá, desde que começou a trabalhar nessa unidade educacional, em 2000, nunca viu uma reforma desse porte sendo realizada.

“Essa obra foi iniciada, mas foi paralisada no meio do caminho. A comunidade já estava descrente e não tinha expectativa de que um dia ela terminaria. Mas, felizmente, ela foi retomada no ano passado e assim que as aulas presenciais retornarem a reforma já estará finalizada e os alunos poderão desfrutar de um espaço totalmente novo”.

No município de Nobres (a 146 quilômetros de Cuiabá) o Governo está concluindo a reforma da EE Marechal Cândido Rondon localizada na comunidade de Coqueiral Quebó. A obra estava paralisada, foi retomada em 2019 e será finalizada ainda este ano. O investimento é de R$ 2 milhões.

Outra obra que está sendo concluída é a construção da nova sede da Escola Estadual Vereador Bento Muniz no bairro Altos do Tarumã em Tangará da Serra (a 239 quilômetros). Para a realização dessa obra o Governo está investindo R$ 3,8 milhões.

No Distrito de Selma, município de Jaciara (a 144 quilômetros de Cuiabá), as obras de construção da nova sede da EE Celestino Correa da Costa, que ficaram paradas por mais de cinco anos, estão chegando na fase final. Ao todo foram investidos R$ 3,3 milhões.

“Fui aluna dessa escola, trabalhei aqui como professora e hoje estou como diretora. Lembro de como ela era antes e como está agora, é um sentimento de alegria e de conquista. A ansiedade para ver tudo pronto é muito grande”, destaca a diretora da escola, Silvana Delfina Fichio.

Em Sinop (a 500 quilômetros de Cuiabá) as obras da nova escola no bairro Jardim das Orquídeas, que foram retomadas em 2019, estão em ritmo acelerado. A obra, no valor total de R$ 5,4 milhões, comtempla 18 salas de aulas e vai atender 1,6 mil alunos.

Em Lucas do Rio Verde um prédio novo com 16 salas de aula vai comportar a EE Tarsila do Amaral. A obra, orçada em R$ 8,6 milhões, é construída em convênio com a Prefeitura Municipal, sendo R$ 8,3 milhões do Governo do Estado e contrapartida da Prefeitura Municipal de R$ 350 mil.

O Governo do Estado está construindo também, em convênio com a Prefeitura de Campo Verde, uma escola nova no bairro Jardim América. A obra está orçada em R$ 6,4 milhões, sendo R$ 5,8 milhões recurso estadual e R$ 557 recurso municipal. A escola contará com 16 salas de aula.

Os investimentos em obras contemplam ainda escolas dos municípios de CáceresCanaranaSorrisoColnizaIpiranga do NorteGlória D’OesteItanhagáNova OlímpiaParanaítaNova XavantinaPorto dos Gaúchos, entre outros.

“Todas essas obras estão sendo realizadas com foco na melhoria da aprendizagem dos alunos. Assim como nossos profissionais da educação precisam de um espaço digno de trabalho, nossos alunos também precisam de um ambiente adequado para a construção do ensino-aprendizagem e o governo Mauro Mendes tem trabalhado muito com foco nessas metas”, ressalta a secretária Marioneide Kliemaschewsk.