Goleiro da Rússia é atingido por sinalizador e deixa o campo direto para o hospital

Um lance triste marcou a partida entre Montenegro e Rússia, pelas eliminatórias para a Eurocopa 2016. Com mesno de um minuto de jogo, a torcida montenegrina lançou um sinalizador para o gramado, atingindo o goleiro russo Akinfeev.

A partida foi então paralisada, sendo retomada após cerca de 30 minutos. Mas o goleiro russo não pôde continuar em campo, e teve que que ser substituído. O sistema de som ainda avisou aos torcedores que a partida seria encerrada caso houvesse algum outro incidente.

De acordo com uma TV russa, que citou um porta-voz da seleção, Akinfeev foi avaliado pelos médicos no estádio e levado para realizar exames em um hospital, mas estava consciente em todo momento. Ele sofreu queimaduras no pescoço e cabelo.




E outras confusões fizeram com que a arbitragem decidisse interromper a partida antes de seu final. Aos 22 minutos do segundo tempo, um pênalti anotado para a Rússia fez com que a torcida montenegrina voltasse a praticar atos de violência, arrancando cadeiras e jogando em direção aos russos.

Montenegro e Rússia estão empatados com cinco pontos no Grupo G, que ainda conta com Áustria, Suécia, Liechtenstein e Moldávia. A Uefa deve agora se reunir para decidir o resultado da partida.