Futsal, karatê e ciclismo movimentaram o fim de semana prolongado em Rondonópolis

Assessoria

Os três dias do feriado prolongado não foram de descanso para os atletas amadores de Rondonópolis. É que eles participaram de campeonatos e desafios que começaram na sexta-feira com o torneio de futsal feminino, no sábado com a disputa de karatê e no domingo com o desafio de ciclismo até a Carimã, região turística da cidade.

O Torneio Municipal Aberto de Futsal Feminino reuniu cerca de 200 atletas de todas as idades nas disputas valendo vagas na séria A e na série B do campeonato municipal que começa nesta quinta-feira (21). Os oito primeiros colocados no torneio ocuparam a séria A e os outros foram classificados para a série B.

Assessoria

O ginásio municipal Marechal Rondon ficou tomado por familiares e amigos que foram torcer pelas suas equipes. Grupos formados em sua maioria por moradores de bairros e também de universidades entraram em quadra mostrando vontade de vencer e com isso ganhar destaque no futsal feminino rondonopolitano.

A gerente de departamento de Esporte e Lazer do município, Roseane Prado, ficou surpresa com qualidade técnica de muitas equipes que participaram do torneio e mostraram que podem disputar competições a nível estadual. Ela contou que a participação da torcida foi um fator positivo que marca a força e a valorização do futsal feminino na cidade.

No sábado, os atletas das artes marciais participaram da Copa Delta de karatê. A competição reuniu cerca de 180 atletas de Rondonópolis e também das cidades de Cuiabá, Alto Garças, Itiquira e Poxoréu. Os representantes da chamada ‘terra de Rondon’ ocuparam dois lugares no pódio da classificação geral.

O atleta que representou do Corpo de Bombeiros foi o campeão e o segundo colocado foi da academia Delta, ambos de Rondonópolis. O terceiro lugar ficou com o carateca da W Dojo, que veio do município vizinho Alto Garças.

O Casario amanheceu no domingo (17) cheio de bicicletas e pessoas de todas as idades que pularam cedo da cama e se prepararam para a largada do desafio Volta Carimã que aconteceu as 5 da manhã. Cerca de 130 atletas vestiram a roupa apropriada e colocaram seus equipamentos e partiram rumo a zona rural e um dos destinos turísticos mais procurados da cidade.

Eles se dividiram em dois percursos, de 65 e 85 km, da largada até a chegada na Carimã. Quando os primeiros ciclistas começaram a chegar no local o relógio marcava pouco mais das 9 horas e os últimos a completarem a desafio chegaram entre 11h30 e 12 hs. Muitos aproveitaram a chegada no local para descansar o corpo tomando banho nas cachoeiras da região.

Para quem precisou de ajuda para voltar para a cidade a Prefeitura disponibilizou transporte e também uma ambulância com profissionais da saúde que acompanharam os atletas durante todo o percurso e ida e volta. A organização do desafio foi da Ciclo Sport.