Funcionários de hospital fazem festa de 15 anos para paciente com deficiência crônica

estado amplia procedimentos cirúrgicos em rondonópolis



A debutante Cândida da Silva teve o maior sonho dela realizado na terça-feira (27). Ela ganhou uma festa de 15 anos organizada pelos funcionários do Hospital Universitário Júlio Müller, em Cuiabá, onde ela faz tratamento contra uma deficiência pulmonar crônica desde que nasceu. A festa foi patrocinada por empresários que se sensibilizaram com o pedido da menina.

O baile teve direito a limusine com chofer e valsa com um 'princípe'. Antes da festa, no entanto, Cândida teve um tratamento de beleza especial em um salão. O sorriso no rosto da menina expressava a realização de um sonho.

"Estou muito feliz e realizada com a festa e o amor de todos. Convidei toda a minha a família e todos estiveram comigo", disse a debutante.

Desde que nasceu Cândida luta contra uma bronquiolite obleterante fibrosante cor pulmonale. O problema abaixa a imunidade e dificulta o desenvolvimento físico da menina, que passa maior parte do tempo no hospital e é paciente terminal.

Cândida foi criada pela avó, que morreu há dois anos. A família dela passa por dificuldades financeiras. Por isso, o pedido da festa foi feito no ano passada a uma professora. "Estamos emocionados e satisfeitos por termos conseguido realizar o sonho dela", contou a pedagoga do hospital, Valéria Melli.