Funcionário público aposentado custa 3 vezes mais que empregado do setor privado

diário oficial da união publica decreto com o novo salário mínimo de r$ 937

Um servidor público da União custa cerca de 3 vezes mais aos cofres públicos ao se aposentar em comparação ao trabalhador do setor privado. A informação é do jornal Folha de S. Paulo, com base em um levantamento feito pela Consultoria de Orçamento da Câmara dos Deputados.

De acordo com a publicação, um funcionário público que se aposenta hoje e vive mais 20 anos tem um custo médio de R$ 3,34 milhões. Já o trabalhador da área privada que contribui com o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), nas mesmas duas décadas, teria um custo de R$ 1,1 milhão. No caso dos militares o montante chega a R$ 4,92 milhões.

O cálculo também foi feito levando em conta servidores públicos estaduais e do Distrito Federal. Nesses casos, o desembolso do governo seria de R$ 1,03 milhão. Já os servidores públicos das capitais teriam um custo de R$ 161 mil. Nas demais cidades brasileiras o valor seria de R$ 97 mil.