Funac busca fazer cumprir lei e garantir trabalho a egressos do Sistema Penitenciário

Oportunidades aparecem apenas aos que ainda estão cumprindo pena em regime fechado e semiaberto

Foto por: Michel Alvim SESP/MT

A Fundação Nova Chance (Funac) encaminhou este ano 133 pessoas em cumprimento de pena, no regime fechado ou em semiaberto, para uma vaga de trabalho em Mato Grosso. A maioria das vagas são de serviços gerais e em órgãos públicos estaduais e municipais. Além das Secretarias de Estado e as Prefeituras, outras oito empresas do setor de construção civil e entidades também contratam a mão de obra de pessoas privadas de liberdade.

Para atender também o público egresso do Sistema Penitenciário, ou seja, aquelas pessoas que receberam o alvará de soltura no período de até dois anos, a direção da Funac encaminhou até o momento, 81 ofícios para empresa que tem contrato com o Poder Executivo Estadual para fazer cumprir a lei 9.879/2013 é a lei que trata da reserva de vagas de trabalho a presos e egressos em obras e serviços contratados pelo Estado.

“Buscamos verificar a quantidade de funcionários e orientar as empresas quanto a celebração de termo de intermediação. Estamos em tratativa com quatro empresas, mas buscamos mais vagas e cumprir a legislação com a empresa que contratam com o Estado”, disse o presidente da Funac, Emanoel Flores.




Ela disse que há mais pessoas em busca de trabalho do que vagas em aberto para egressos do sistema Penitenciário. Assim que consegue o alvará de soltura e passa pela audiência admonitória, o egresso precisa passar na Fundação Nova Chance também. “Toda semana temos encaminhamentos, mas é mais restrito para que os que estão no semiaberto. Por isso, precisamos garantir uma maior oportunidade a todos. A recuperação, a ressocialização passa pelo trabalho”, destacou a diretora executiva da Fundação, Michelle Egues Monteiro.

Cumprindo a pena em regime semiaberto, Leidiane Ribeiro trabalha em um órgão público estadual. Conseguiu a vaga de auxiliar administrativo por intermédio da Fundação Nova Chance e está feliz com a oportunidade. “Consegui um trabalho e ter essa chance para recomeçar é muito importante para mim”.