Fotógrafo rondonopolitano denúncia matança de jacarés no Pantanal

Fotógrafo rondonopolitano denúncia matança de jacarés no Pantanal

O fotógrafo César Augusto, especialista em registrar a beleza do Pantanal Mato-grossense, denunciou , nesta segunda-feira (27), uma verdadeira matança de jacarés na região.

César contou a reportagem do Primeira Hora que identificou o problema em uma região conhecida como Corixo do Leme, que é um braço do rio Mutum. “Assim que eu entrei comecei a ver alguns jacarés mortos, aproximadamente oito a nove jacarés”, explicou.

O fotógrafo ainda disse que o que chamou a atenção é que a maioria dos jacarés mortos estava com a cauda decepadas. “Eles (caçadores) pelo visto mataram apenas para pegar a cauda, o que te fato, nos deixa triste, em ver uma cena destas”, explicou.

A cena realmente impressionou o fotógrafo que é acostumado a explorar a região em safaris fotográficos onde registra com a sua máquina o dia-a-dia da região.

Ele ainda explicou que viu outros jacarés mortos e feridos no barranco do rio. “Esses foram atingidos na água e chegaram até o barranco já sem vida”, explicou.

Apesar da revolta, César ainda não procurou as autoridades para denunciar o problema.

Leia mais sobre o assunto:

VÍDEO: Ciclista passa em meio a dezenas de jacarés durante passeio no Pantanal em MT

Noticias Relacionadas