Forças de segurança fazem preparativos para eleições suplementares ao senado

urnas eletrônicas terão auditoria horas antes da eleição



O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso e a Polícia Rodoviária Federal realizaram nesta quinta-feira (27/02) a primeira reunião de organização conjunta da eleição suplementar para o Senado, que será realizada no dia 22 de abril. Além de disponibilizar efetivo policial no dia do pleito, serão realizadas operações constantes nas rodovias que cortam o Estado para fiscalizar e combater crimes eleitorais.

“A PRF sempre atua de forma exemplar durante as eleições em nosso Estado, e certamente poderemos contar novamente com este apoio. Acreditamos ser fundamental a possibilidade de fiscalização de veículos nos mais de 5.300 km de rodovias, além do apoio aéreo com aeronaves e helicópteros. Realizamos uma reunião setorial de alinhamento, teremos muitas outras com as forças policiais para garantir uma eleição com a máxima lisura e tranquilidade”, destacou o coordenador do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), Lídio Modesto.

Segundo o superintendente da Polícia Rodoviária Federal do Estado do Mato Grosso, Francisco Elcio, os policiais serão orientados sobre os crimes eleitorais, procedimentos a serem adotados em caso de flagrante, entre outras situações. “Nós temos a possibilidade de destacar 12% de nosso efetivo para atuar diretamente durante a eleição suplementar, o que deve ser em torno de 50 policiais que estariam à disposição da Justiça Eleitoral. Estamos presentes com uma atuação direta em 70 municípios, e indireta nos demais municípios. Nosso efetivo é de cerca de 400 policiais que estarão contribuindo no período que antecede a eleição”. Segundo o policial, todo o conteúdo fará parte do programa operacional Ordinário da PRF.

A eleição suplementar para o Senado será realizada no dia 22 de abril.