Força tarefa realiza fiscalização na BR-364 em cargas de insumos agrícolas buscando coibir irregularidades

Força tarefa realiza fiscalização na BR-364 em cargas de insumos agrícolas buscando coibir irregularidades

Durante uma semana entre os dias 20 a 24 de setembro, uma força tarefa capitaneada pela Secretaria de Defesa Agropecuária (S.D.A) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), realizou na BR-364, em Rondonópolis, abordagens a veículos de carga, com o objetivo de verificar irregularidades e coibir fraudes nos fertilizantes, corretivos e inoculantes que são insumos essenciais para a agricultura.

O saldo da operação foi positivo para o chefe da Divisão de Registros da Coordenação de Fertilizantes, Inoculantes e Corretivos, que faz parte do Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas (DSV), Henrique Bley. “Foi uma operação muito bem sucedida e bem organizada, onde tivemos o apoio da Superintendência da Agricultura de Cuiabá, da PRF e localmente da Famato, por meio do Sindicato Rural. Destes mais de 500 veículos abordados, 290 eram de fertilizantes, onde foi possível coletar 94 amostras, o que poderá representar mais de 4 mil toneladas do produto, que verificamos que são provenientes desde o Rio Grande do Sul, Paraná e da indústria local, onde na sua maioria estava em conformidade na parte de documentos e posteriormente se verificado a questão da qualidade por meio dos laudos laboratoriais”, explicou.

Para o presidente do Sindicato Rural de Rondonópolis, Lucindo Zamboni Junior este tipo de ação do Mapa traz excelentes resultados para quem adquire insumos agrícolas. “Essa fiscalização ajuda o produtor rural a ter um produto de qualidade e fiscalizado, então é uma ação pioneira que com certeza trará muitos frutos para o produtor. A expectativa é que para o próximo ano este tipo de ação também para outras regiões do Estado, assim conseguindo o objetivo de levar os insumos agrícolas com maior qualidade a todos os locais de Mato Grosso”, concluiu.

O suporte fornecido pela Polícia Rodoviária Federal, segundo o chefe da delegacia em Rondonópolis, Donizete Aparecido Alves de Souza vai de encontro com as atribuições da instituição. “Este trabalho do Mapa é de suma importância para nós da PRF, para o País e principalmente para o estado de Mato Grosso que é essencialmente agrícola. Pois realizam uma fiscalização que estava faltando, existem muitas fraudes em adubos, fertilizantes, herbicidas e fungicidas, que são itens essenciais para a lavoura e a saúde de nosso campo. E da nossa parte damos todo o suporte para que os auditores possam fazer os trabalhos da melhor forma”, disse.

Números da fiscalização

556 veículos abordados

290 transportavam insumos agrícolas

94 amostras coletadas

Representando 4.000 toneladas de fertilizantes minerais sólidos, 90 toneladas de fertilizantes organominerais, 7.500 litros de fertilizantes fluidos e 44.460 mil doses de inoculantes.

12 auditores fiscais federais agropecuários na operação

Os produtos serão analisados no Laboratório Federal de Defesa Agropecuária (LFDA/MAPA).

A força tarefa foi composta pelo Ministério da agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), por meio da Secretaria de Defesa Agropecuária (S.D.A), Departamento de Sanidade Vegetal e Insumos Agrícolas (DSV) em conjunto com a Superintendência Federal de Agricultura no Mato Grosso (SFA-MT) e apoio da Polícia Rodoviária Federal, Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Mato Grosso (Famato) e Sindicato dos Produtores Rurais de Rondonópolis.

Noticias Relacionadas