Força política proporciona novos incrementos para a Santa Casa de Rondonópolis

Por Samantha dos Anjos Assessoria

Por Samantha dos Anjos Assessoria

Parlamentares juntamente com a diretoria da Santa Casa de Rondonópolis

Força política proporciona novos incrementos para a Santa Casa de Rondonópolis

A diretoria da Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis deu um panorama dos avanços obtidos pela instituição filantrópica com o aporte financeiro de R$ 33 milhões que garantiram a ampliação e reestruturação da unidade hospitalar. O recurso contou com a contribuição do deputado federal José Medeiros (Podemos), sendo que R$ 10 milhões foram garantidos por meio da articulação política do deputado estadual Delegado Claudinei e o vereador José Felipe Horta (Podemos).

Os parlamentares estiveram no hospital, no dia 7 de janeiro, e visitaram as instalações e acompanharam todas as melhorias já alcançadas pela instituição. “Visitamos a Santa Casa, vendo como estão os projetos de aquisições, ampliações e reformas da instituição com a diretoria. Ano passado estive com o vereador José Felipe e trouxemos um ofício com o pedido de apoio no valor de R$ 10 milhões ao Medeiros, que prontamente nos atendeu. Também destinei emendas em 2020 e 2021, mas não são valores altos em relação às emendas federais que dão melhores condições à instituição. Com a união política, somos mais fortes”, explica Claudinei.

Avanços

Segundo a superintendente da Santa Casa de Rondonópolis, Bianca Talita Franco, explica que a verba recebida favoreceu para a compra de novos equipamentos e geradores, pagamento de custeios, reformas e ampliações na estrutura física da instituição. “Um dos pedidos de Medeiros, foi que justamente no período de reestruturação fosse feito o custeio e, agora, trabalhamos com o projeto para aquisição de aparelhos e realização de reformas e tudo que precisa para ampliar a unidade hospitalar e todos os negócios correlacionados”, comenta.

Ela acrescenta que foi feita uma rampa que dá acesso direto à Santa Casa com os recursos, como, também, já foi executado a aquisição de elevadores dentro da instituição. “Na verdade, não serão só três elevadores e, sim, cinco que estamos ampliando. Também, estamos reformando o hospital oncológico que é um projeto que temos a intenção de ampliar mais um ou dois andares nesta estrutura. E enfim, muitos outros equipamentos que estamos completando no nosso projeto dos Hospitais do Câncer e do Coração”, posiciona a superintendente.

Para oferecer um melhor suporte para o atendimento aos pacientes oncológicos, o Hospital do Câncer iniciou os serviços de Radioterapia, em abril de 2021, com a certificação oficial do Conselho Nacional de Energia Nuclear (CNEN). Esse novo incremento permitiu que de 19 municípios das regiões sul e sudeste já atendidos pela instituição, tivesse a ampliação para um total de 25 cidades com a inclusão da região Vale do Araguaia de Mato Grosso.

Hospital Escola

Franco já adianta que o próximo desafio da diretoria da instituição filantrópica é a implantação do Hospital Escola. “Eu acredito que neste primeiro semestre, até julho de 2022, a gente já tenha novas notícias a respeito. Essa é mais uma luta do Medeiros, Claudinei e José Felipe e outros parlamentares, para que seja instalada em nossa unidade, permitindo a formação da mão-de-obra de diferentes especialidades como nas áreas de anestesia, maternidade, oncologia e pediatria”, ressalta.

O vereador José Felipe explica que já está empenhado junto com o Medeiros para a concretização deste projeto citado por Bianca. “Chegamos a fazer um projeto, no sexto andar da Santa Casa com 60 leitos e três centros cirúrgicos. Tudo planejado para a universidade. Mas, infelizmente não conseguimos a aprovação junto ao Ministério da Educação. Só que estamos viabilizando uma outra forma para que se torne um Hospital Universitário. Com fé em Deus vai dar certo”, posiciona o parlamentar municipal.

Recuperação

A Santa Casa de Rondonópolis quase fechou as portas em 2019 devido à situação crítica financeira que enfrentava por conta dos atrasos nos repasses financeiros e empréstimos bancários, lembra Claudinei. “Medeiros foi um dos responsáveis para as portas se manterem abertas. Afinal, chegou a destinar mais de R$ 20 milhões, juntamente com a bancada federal de Mato Grosso, em 2019, para a Santa Casa e, assim, equilibrar a situação para manter os atendimentos para a população. Lembrando que deste valor, R$ 17 milhões foi da cota do Medeiros”, frisa.

Um dos propósitos de Medeiros é transformar a Santa Casa de Rondonópolis como um dos melhores do centro-oeste do Brasil. “Parabenizo toda a equipe da Santa Casa, como as pessoas e entidades que ajudam essa importante instituição. Este hospital estava fechando há cerca de três anos atrás. Muita gente achava que era um saco sem fundo e nós fizemos esse esforço e, hoje, estamos vendo que conta com um dos melhores centros de tratamentos oncológicos em nosso Estado e o hospital está de pé. Aconteceu um milagre, em 2019”, declarou o deputado federal.

Ele lembra que após o recebimento dos recursos, quatro meses depois, a pandemia da Covid-19 chegou em Mato Grosso. “A Santa Casa foi quem salvou essa região. É um hospital referência que busca o atendimento humanizado com qualidade e segurança ao paciente. Então, nós temos um sonho de transformar essa instituição em um dos melhores no centro-oeste do país”, diz Medeiros.

Entidade – A Santa Casa Rondonópolis foi fundada em 1971 e, atualmente, oferece serviços de atendimento adulto e infantil, realiza diversos tipos de cirurgias e serviços de diagnóstico (raio-x, tomografia e ultrassonografia).

Informações:
Samantha dos Anjos – Assessoria de Imprensa
(65) 99639 9715

+ Acessados

Veja Também