Fim da intervenção: Avenida João Ponce de Arruda volta a operar nos dois sentidos

Picture of Secom/VG

Secom/VG

Fim da intervenção: Avenida João Ponce de Arruda volta a operar nos dois sentidos

Compartilhe:

Nesta quinta-feira, 18 de abril, a Avenida João Ponce de Arruda, em frente ao Aeroporto Internacional Marechal Rondon, teve sua normalidade restabelecida para o fluxo de veículos, após o término das intervenções locais relacionadas ao Bus Rapid Transit (BRT). Esta mudança representa mais um marco no avanço das obras do BRT em Várzea Grande e tem implicações importantes para motoristas, condutores e pedestres que transitam pela região.

O desvio em frente ao aeroporto, que vinha causando impacto no trânsito local, foi finalmente eliminado, permitindo que a avenida opere nos dois sentidos. Essa alteração será um alívio para os usuários habituais da via, que enfrentavam desafios de deslocamento devido às obras.

Segundo o Secretário-adjunto de Serviços Públicos e Mobilidade Urbana, Cidomar Arruda, “É ótimo ver que o trabalho de conclusão do piso sólido do BRT está progredindo, permitindo a normalização do tráfego nesse trecho”. Arruda enfatizou ainda a importância das intervenções adicionais na Avenida da FEB para recuperação asfáltica, destacando que são cruciais para o processo de melhoria da infraestrutura viária na região.

O Secretário-adjunto também ressaltou a colaboração entre o Governo do Estado, através da Sinfra, o Consórcio BRT e a Prefeitura de Várzea Grande. “É encorajador ver os esforços para concluir as novas fases das obras nos próximos meses, o que certamente contribuirá para a conclusão bem-sucedida do projeto como um todo”, afirmou.

Além disso, vale ressaltar que, no sentido Várzea Grande para Cuiabá, apenas a pista do BRT está liberada para tráfego, devido ao processo de recapeamento total da Avenida da FEB nesse sentido. No entanto, no sentido oposto, de Cuiabá para Várzea Grande, não há nenhuma intervenção em andamento, com todas as pistas totalmente liberadas para o tráfego de veículos.

“Essas atualizações são fundamentais para que os usuários da via estejam cientes das condições de tráfego e possam planejar suas rotas com antecedência, minimizando transtornos e garantindo uma circulação mais segura e fluida pela região”, pontuou Cidomar.

Deixe um comentário

+ Acessados

Veja Também

Quer ser o primeiro saber? Se increve no canal do PH no WhatsApp