FAVORECIDOS PELO MAPA | Jayme denuncia “cartel” para exportação de carne: “uma verdadeira quadrilha”

Da Assessoria

Da Assessoria

FAVORECIDOS PELO MAPA | Jayme denuncia “cartel” para exportação de carne: “uma verdadeira quadrilha”

Senador afirmou que interesses pessoais têm prevalecido em decisões do ministro Carlos Fávaro

O senador Jayme Campos (União) denunciou suposta existência de uma “quadrilha” de empresários que monopolizam o mercado da carne no Brasil e dominam as exportações para a China. Segundo ele, as ações desses grupos, apoiadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), inviabilizam a atuação de outros pecuaristas.

“Para matar o pantaneiro e todos os pecuaristas, montaram uma máfia, um cartel da carne no Brasil. Uma verdadeira quadrilha que se instalou. Hoje, 80% do mercado da carne brasileira está concentrado na mão de três empresas frigoríficas, lamentavelmente”, afirmou o senador, durante reunião do Congresso Nacional. A denúncia foi direcionada ao líder do Governo Federal, o senador Jaques Wagner (PT).

Jayme sugeriu que o Mapa, sob comando do senador licenciado Carlos Fávaro (PSD), age por interesses pessoais, favorecendo grandes grupos econômicos.

O senador apontou que, na mais recente lista de habilitação de exportação liberada para a China, o Mapa incluiu, entre 20 empresas selecionadas, um frigorífico da JBS-Friboi localizado em Diamantino (MT), que está fechado desde junho deste ano, em razão de um incêndio.

“Isso é um crime de Lesa Pátria. Nós temos que acordar! O Brasil é um forte concorrente internacional e não permite esse tipo pilantragem ou malandragem. Temos que ser um país sério. A nossa gente trabalhadora não merece o que estão fazendo na atual conjuntura. Como vão habilitar um frigorífico que não existe?”, manifestou Jayme Campos.

“A que ponto isso chegou? Isso chama-se negócio, e negócio não podemos permitir. Temos que defender o interesse do povo brasileiro. Não podem prejudicar a atividade do campo, sobretudo pecuária, por interesses pessoais”, acrescentou.

O caso também foi denunciado na Câmara Federal pelo deputado coronel Alberto Fraga (PL), no início do mês, quando Fraga acusou Fávaro de favorecer os frigoríficos JBS e Minerva e também apontou suposta existência de cartel.

Confira o vídeo:

+ Acessados

Veja Também