Farelo de algodão: preços em queda, mas em menor ritmo

unidade tecnológica do pró-leite é implantada em campo verde



O mercado do farelo de algodão continua em baixa, contudo, o ritmo das desvalorizações está menor em relação ao mês anterior. O preço da soja mais firme no mercado dá sustentação a esse cenário. Segundo levantamento da Scot Consultoria, o farelo de algodão com 28% de proteína bruta está cotado, em média, em R$720,00 por tonelada, considerando a região de São Paulo.

Na comparação com o mesmo período do ano anterior, houve queda de 18,7%, em valores nominais. O aumento da oferta do produto e a desvalorização da soja neste período explicam esse movimento. Para curto e médio prazos a expectativa é de que o aumento da oferta mantenha o mercado com preços menores em relação ao ano anterior.